Geral
publicado em 12/04/2012 às 18h06:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas da Vanderbilt University, nos Estados Unidos, descobriram que a capacidade das pessoas para tomar decisões em situações novas diminui com a idade e está associada com uma redução na integridade da substância branca localizada no cérebro.

A pesquisa, publicada na revista The Journal of Neuroscience, revela que essa incapacidade tem ligação com duas vias cerebrais específicas que ligam uma área no córtex cerebral chamada córtex pré-frontal medial com duas outras áreas mais profundas no cérebro.

A matéria cinzenta é a parte do cérebro que contém os corpos dos neurônios, enquanto a matéria branca contém os axônios que transportam sinais de uma parte do cérebro para outra.

No passado, a maioria das pesquisas de imagens do cérebro se concentrou na massa cinzenta. Recentemente, no entanto, os neurocientistas começaram a olhar mais de perto a matéria branca. Ela tem sido ligada à velocidade de processamento do cérebro e da atenção, entre outras coisas, mas este é o primeiro estudo a relacionar matéria branca com a aprendizagem e a tomada de decisão.

"A evidência de que esse declínio na tomada de decisões está associado com a integridade da matéria branca sugere que pode haver formas eficazes de intervenção. Vários estudos têm mostrado que as conexões da matéria branca podem ser reforçadas por formas específicas de treinamento cognitivo", afirma o autor do estudo Gregory R. Samanez-Larkin.

As conexões críticas na substância branca que os pesquisadores encontraram eram derivadas do tálamo, um centro altamente conectado no cérebro, para o córtex pré-frontal medial, uma área do cérebro envolvida na tomada de decisões, e do córtex pré-frontal medial para o estriado ventral, que está associado com os aspectos emocionais e motivacionais do comportamento.

O estudo envolveu 25 adultos entre 21 e 85 anos de idade. Eles foram convidados a executar uma tarefa de aprendizagem monetária. A tarefa foi projetada para extrair o que os psicólogos chamam de aprendizagem probabilística de recompensa. "Este é um tipo comum de tomada de decisão que usamos todos os dias. Sempre que tentamos escolher a melhor alternativa com base na experiência anterior e não temos certeza do resultado, estamos confiando na aprendizagem probabilística de recompensa", explica Samanez-Larkin.

No mesmo dia, os cérebros dos participantes foram avaliados usando uma técnica de ressonância magnética que detecta a água aprisionada pelas bainhas de mielina que circundam os axônios na substância branca e produz um sinal relacionado com a integridade dessa região cerebral.

A equipe pretende agora realizar mais estudos para melhor caracterizar as diferenças de idade nestes circuitos neurais e examinar como o treinamento pode melhorar tanto a integridade da estrutura quanto à função.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Matéria branca    tomada de decisão    treinamento cognitivo    Vanderbilt University    Gregory R. Samanez-Larkin   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.