Ciência e Tecnologia
publicado em 11/04/2012 às 18h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Reprodução: University of California/San Diego
Santiago Horgan (a esq), durante o procedimento cirúrgico
  « Anterior
Próxima »  
Santiago Horgan (a esq), durante o procedimento cirúrgico

O novo dispositivo LINIX - aprovado pela FDA - foi implantado em um paciente de 29 anos que sofria de refluxo gastroesofágico (GERD - sigla em inglês), doença que digestiva crônica que pode levar à inflamação grave, estenose, esôfago de Barrett e câncer de esôfago. O procedimento minimamente invasivo foi realizado na última segunda-feira (9) por Santiago Horgan, médico da UC San Diego Health System, nos Estados Unidos.

"Os resultados multicêntricos de ensaios clínicos demonstraram claramente que o dispositivo magnético é altamente eficaz no tratamento da GERD e da queimação dolorosa que resulta desta condição progressiva", diz Horgan, especialista em doenças do esôfago. "Ao contrário das drogas que suprimem os ácidos do estômago, este dispositivo flexível corrige a anatomia e imediatamente aborda a verdadeira fonte do refluxo", explica.

UCSDMedicalCenter

O sistema de LINX é composto de uma série de esferas de titânio, cada uma com um núcleo magnético, que estão ligadas formando um anel. O dispositivo é implantado no esfíncter esofágico inferior (LES - sigla em inglês), uma faixa circular de músculo que fecha os últimos centímetros do esôfago e impede o fluxo inverso do conteúdo do estômago.

A FDA aprovou o Sistema de Gestão da LINX refluxo em março de 2012. Horgan e a sua equipe cirúrgica implantaram mais de 20 dispositivos durante a fase de ensaio clínico, representando a maioria das cirurgias na segunda fase de procedimentos que levaram a aprovação do LINIX pela FDA.

O dispositivo é uma opção para pacientes que não respondem a medidas dietéticas e de estilo de vida. O dispositivo pode ser implantado por meio de uma cirurgia minimamente invasiva que dura entre 20 e 30 minutos. Os pacientes podem deixar o hospital no mesmo dia. Mas pacientes que receberem o dispositivo não podem ser submetidos a exames de Imagem por Ressonância Magnética (MRI).

Fonte: UNIVERSIDADE DA CALIFÓRNIA
   Palavras-chave:   Implante    O dispositivo magnético    FDA    Azia    Refluxo gastroesofágico    RGE    LINX    LINX sistema   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
implante    o dispositivo magnético    FDA    azia    refluxo gastroesofágico    RGE    LINX    LINX sistema   
Comentários:
Comentar
Victor
postado em:
21/10/2010 13:12:22
Quando será que este dispositivo vai chegar no Brasil? Pelo amor de Deus, aqui continuam fazendo a mesma cirurgia de 50 anos atrás só que por video, mas o resto não mudou nada, uma maravilha neh...
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.