Geral
publicado em 10/04/2012 às 19h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas australianos identificaram, pela primeira vez, como a ' natureza' e a ' nutrição' interagem para aumentar a gravidade e a probabilidade de defeitos congênitos em fetos em desenvolvimento.

A descoberta pode ajudar as mulheres a minimizar ou mesmo evitar o risco de ter um bebê nascido com malformações congênitas, incluindo alterações no coração, rins, cérebro, membros e regiões craniofaciais.

O estudo, publicado na revista Cell, mostra como um período de baixa oxigenação (hipóxia) durante a gravidez, combinado com um fator de risco genético que acarreta em uma cópia de um gene funcional aumenta drasticamente as chances de um bebê nascer com escoliose congênita, malformação da coluna vertebral que afeta cerca de 1 em 1 mil recém-nascidos.

Hipóxia durante a gravidez pode ser causada por uma série de circunstâncias, incluindo níveis de açúcar mal controlados em diabéticos, tabagismo, altitude elevada, prescrição e uso ocasional de drogas, anemia ou mau funcionamento da placenta.

Segundo a autora sênior da pesquisa, Sally Dunwoodie, do Victor Chang Cardiac Research Institute, as descobertas podem deixar os pesquisadores um passo mais perto de compreender porque algumas pessoas em uma família desenvolvem doenças e outras não.

Dunwoodie afirma ainda que estratégias simples que podem ser adotadas pelas mães tem potencial para ajudar a prevenir a ocorrência de defeitos congênitos.

"Nós temos suspeitado por muito tempo que são os genes ou o nosso ambiente que causam defeitos de nascimento, mas até agora, o mecanismo subjacente a essas malformações têm sido desconhecido. Esta é a primeira vez que alguém mostra que tanto a "natureza" quanto a "nutrição", em combinação, são molecularmente responsáveis por causar muitos defeitos de nascimento", ressalta a pesquisadora.

A equipe espera que a descoberta possa levar ao desenvolvimento de terapias para impedir que estes defeitos ocorram.

VCCRI
Cientistas australianos identificaram como a ?natureza? e a ?nutrição? interagem para aumentar a probabilidade de defeitos congênitos em fetos.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Defeitos congênitos    malformações    meio ambiente    nutrição    Sally Dunwoodie    Victor Chang Cardiac Research Institute   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.