Geral
publicado em 31/03/2012 às 10h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Bruno César/FHS
Foto: Bruno César/FHS
Foto: Bruno César/FHS
Edvaldo dos Santos, diretor operacional da Fundação Hospitalar de Sergipe Emanuel Messias, diretor-geral da FHS Estande da FHS de Sergipe no Congresso de Secretarias Municipais de Saúde do Nordeste
  « Anterior
Próxima »  
Edvaldo dos Santos, diretor operacional da Fundação Hospitalar de Sergipe
Emanuel Messias, diretor-geral da FHS
Estande da FHS de Sergipe no Congresso de Secretarias Municipais de Saúde do Nordeste

Durante quatro dias, a Fundação Hospitalar de Saúde de Sergipe (FHS) participou das discussões sobre gestão pública, no Congresso de Secretarias Municipais de Saúde do Nordeste. A instituição apresentou a experiência como único modelo no país de fundação na atenção hospitalar completa.

Segundo o diretor-geral da FHS, Emanuel Messias, embora haja fundações estatais na atenção básica, na atenção de urgência e emergência dos hospitais, o exemplo de Sergipe é único, pois atua em todos os seguimentos hospitalares.

" Esse modelo está sendo olhado pelo Ministério. São experiências inovadoras que reorganizam o processo de atenção que podem ser vista e exposta neste espaço de discussão (congresso)" .

Além das discussões, o congresso, que termina neste sábado (31), conta com uma exposição para visitantes. No estande da FHS, estão expostos alguns itens do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, incubadora, folders explicativos e brindes. " O estande da FHS mostra um pouco do funcionamento das unidades gerenciadas na FHS. Por exemplo, mostramos as conquistas do atendimento pré-hospitalar, que hoje fica evidenciado pela fusão das centrais de regulação" , frisou Edvaldo dos Santos, diretor operacional da Fundação.

O congresso, promovido pelo Conselho das Secretarias Municipais de Saúde de Sergipe (Consems), levou a Aracaju representantes do Ministério da Saúde que realizaram palestras sobre a política e a gestão da saúde.

" Na saúde, as instâncias são sempre colegiadas. O Consems exerce, de fato, uma grande importância no trabalho de gestão. Todos os municípios fazem parte de um colegiado e se reúnem anualmente para discutir política de saúde. Trazer o Ministério da Saúde para o encontro é extremamente relevante e contribui para que possamos ter uma ação de gestão concatenada com as instâncias de decisão" , destacou Emanuel Messias.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Sergipe    Aracaju    Nordeste    secretarias municipais    congresso    Fundação Hospitalar de Saúde de Sergipe   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.