Ciência e Tecnologia
publicado em 22/03/2012 às 18h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Reprodução: University of Pennsylvania
Foto: University of Pennsylvania
Processo de pesquisa sendo conduzido no laboratório de George Cotsarelis, autor sênior da pesquisa Imagem mostra folículo piloso humano com concentração de prostaglandina D2 (em verde)
  « Anterior
Próxima »  
Processo de pesquisa sendo conduzido no laboratório de George Cotsarelis, autor sênior da pesquisa
Imagem mostra folículo piloso humano com concentração de prostaglandina D2 (em verde)

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, identificaram uma quantidade anormal de uma proteína chamada prostaglandina D2 no couro cabeludo de homens com calvície. Descoberta tem potencial para levar ao desenvolvimento de novos tratamentos contra a causa mais comum de perda de cabelos entre homens.

Em análises com homens calvos e ratos de laboratório, os cientistas descobriram que uma proteína - prostaglandina PGD2 e sua derivada 15-dPGJ2 - inibe o crescimento dos cabelos. A inibição relacionada à PGD2 ocorre por meio de um receptor chamado GPR44, que se configura como um alvo promissor contra a alopecia androgenética, que causa queda de cabelos em homens e mulheres

A maioria dos homens começa a perder os cabelos na meia-idade. Até os 70 anos, 80% dos homens enfrentam alguma perda de cabelo. A testosterona - hormônio sexual masculino - desempenha um papel importante neste processo, assim como fatores genéticos. Ambos provocam diminuição dos folículos capilares, até que eles se tornem tão pequenos que parecem invisíveis, levando à aparência da calvície.

Os pesquisadores da Universidade da Pensilvânia analisaram quais genes são ativados quando os homens começam a perder os cabelos. Eles verificaram que os níveis da proteína-chave prostaglandina D sintetase são elevados nas células dos folículos capilares localizados em áreas calvas do couro cabeludo.

Testes clínicos

Camundongos criados para ter níveis altos da proteína ficaram completamente calvos. Cabelos humanos transplantados também pararam de crescer ao receber a proteína.

A inibição do crescimento do cabelo é ativada quando a proteína se liga a um receptor nas células dos folículos capilares. "Essencialmente, mostramos que a proteína prostaglandina era elevada no couro cabeludo calvo dos homens e que ela inibia o crescimento capilar. Então identificamos um alvo para o tratamento da calvície masculina", conclui o dermatologista George Cotsarellis, coordenador do estudo.

Acesse aqui o artigo original na íntegra.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Proteína prostaglandina D2    Couro cabeludo calvo    Queda de cabelo    Calvície      
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
proteína prostaglandina D2    couro cabeludo calvo    queda de cabelo    calvície       
Comentários:
Comentar
katia gotardo
postado em:
21/10/2010 13:12:22
Fiquei super feliz com esta descoberta, ja fizeram o teste em mulheres para ver se esta proteína também causa a calvície feminina? Ja fiz vários tratamentos contra a queda de cabelo, mas nenhum funcionou. Se precisarem de cobaia, estou aqui.
Ivan Henrque
postado em:
21/10/2010 13:12:22
que dia chega essa cura da calvície?
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.