Geral
publicado em 09/03/2012 às 12h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Kelsey Mariee/Fun Facts
FDA afirma que seria necessário consumir mais de mil latas de Coca-Cola ou Pepsi por dia para a substância 4-MEI presente nas bebidas representarem risco de câncer
  « Anterior
Próxima »  
FDA afirma que seria necessário consumir mais de mil latas de Coca-Cola ou Pepsi por dia para a substância 4-MEI presente nas bebidas representarem risco de câncer

A Coca-Cola e a Pepsi estão mudando as receitas de suas bebidas para evitar serem legalmente obrigadas a colocar uma etiqueta de advertência em relação ao risco câncer no frasco.

De acordo com informações divulgadas pela BBC, a nova receita para a coloração presente no caramelo das bebidas tem menos 4 metilimidazol (4-MEI) - substância química que a Califórnia adicionou à sua lista de agentes cancerígenos.

A mudança da receita já foi introduzida na Califórnia, mas será lançada em todos os Estados Unidos.

A Coca-Cola argumenta que não há risco de saúde para justificar a mudança.

A porta-voz da empresa Diana Garza-Ciarlante disse à agência de notícias Associated Press que eles queriam assegurar que seus produtos "não estariam sujeitos à exigência de um aviso cientificamente infundado".

O produto químico tem sido associado ao câncer em camundongos e ratos, de acordo com um estudo, mas não há nenhuma evidência de que ele represente um risco para a saúde dos seres humanos, disse a American Beverage Association, que representa a indústria.

Mais de mil latas

A U. S. Food and Drug Administration (FDA) afirma que uma pessoa precisaria beber mais de mil latas de Coca-Cola ou Pepsi por dia para tomar a mesma dose do produto químico que foi dada aos animais no teste de laboratório.

A Coca-Cola e a Pepsi Co. somam quase 90% do mercado de bebidas gasosas dos EUA, de acordo com um rastreador de indústrias, o Beverage Digest.

As empresas dizem que mudar as suas receitas no país todo, e não apenas na Califórnia, faz com que as bebidas tenham uma fabricação mais eficiente.

Em um comunicado, a Coca-Cola acrescentou que o processo de fabricação em toda a Europa não mudaria. Ela disse que além da Califórnia "nenhuma única agência reguladora no mundo considera a exposição do público ao 4-MEI como a que está presente nos caramelos como um problema".

Fonte: BBC Brasil
   Palavras-chave:   Coloração    Caramelo    Coca-Cola    Pepsi    Alerta no rótulo    Câncer   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
coloração    caramelo    Coca-Cola    Pepsi    alerta no rótulo    câncer   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.