Geral
publicado em 06/03/2012 às 11h41:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Crianças que praticam e sofrem bullying são mais propensas a fazer uso de substâncias como cigarros, álcool e maconha. É o que revela uma pesquisa da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos.

Os resultados, que aparecem no jornal Addictive Behaviors, mostram que entre os estudantes do ensino médio, 13,3% daqueles não envolvidos em atos de bullying eram usuários de maconha, em comparação com 31,7% dos agressores e 29,2% das vítimas de bullying.

"Nossas descobertas sugerem que um comportamento desviante pode ser relacionado a outro. Por exemplo, jovens que intimidam outros podem ser mais propensos a tentar também o uso de substâncias tóxicas. O inverso também pode ser verdade, jovens que usam substâncias podem ser mais propensos a intimidar os outros", explica a autora da pesquisa, Kisha Radliff.

Para o trabalho, a equipe utilizou dados de uma pesquisa realizada com 74.247 estudantes matriculados em escolas públicas, privadas e católicas de Ohio.

Entre as 152 perguntas no estudo havia oito que envolviam o bullying, seja como vítima ou agressor. Os estudantes foram questionados sobre quantas vezes eles disseram mentiras ou espalharam boatos falsos sobre os outros, entre outras intimidações. Eles também foram questionados sobre a frequencia com que foram vítimas de tais ações.

Além disso, o questionário perguntava quantas vezes eles usavam cigarros, álcool e maconha. Para este estudo, os utilizadores foram definidos como aqueles que relataram o uso, pelo menos, uma vez por mês.

Os resultados mostraram que o bullying é mais comum entre os estudantes do ensino fundamental, enquanto o uso da substância foi mais prevalente entre estudantes do ensino médio.

Cerca de 30% dos estudantes do ensino fundamental já tinham praticado ou sofrido bullying, em comparação com 23% dos alunos do ensino médio.

Menos de 5% dos estudantes do ensino fundamental usavam cigarros, álcool ou maconha. No entanto, entre alunos do ensino médio, cerca de 32% relataram uso de álcool, 14% usavam cigarros e 16% usavam maconha.

Os pesquisadores descobriram que o uso de substâncias variava de acordo com o envolvimento em atos de bullying.

Entre estudantes do ensino fundamental apenas 1,6% daqueles não envolvidos em bullying relataram uso de maconha. Mas 11,4% dos agressores e 6,1% das vítimas de intimidação afirmaram consumir a droga.

Já entre os estudantes do ensino médio, 13,3% daqueles não envolvidos em atos de bullying eram usuários de maconha, em comparação com 31,7% dos agressores e 29,2% das vítimas de bullying.

Resultados semelhantes foram encontrados para o uso de álcool e cigarro.

Segundo os pesquisadores, os resultados podem levar a novas e melhores iniciativas anti-bullying nas escolas, em especial no ensino médio.

"Muitas escolas estão exigindo programas e políticas anti-bullying, e achamos que eles precisam aproveitar esta oportunidade para abordar outras formas de comportamento agressivo, como o uso de substâncias tóxicas", afirma Radliff.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Bullying    álcool    Cigarro    Maconha    Universidade de Ohio    Kisha Radliff   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Bullying    álcool    cigarro    maconha    Universidade de Ohio    Kisha Radliff   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.