Geral
publicado em 05/03/2012 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Crianças com distúrbios respiratórios do sono são mais propensas a desenvolver problemas de comportamento como hiperatividade e agressividade, bem como sintomas emocionais e dificuldade de relacionamentos, de acordo com pesquisadores do Albert Einstein College of Medicine, nos Estados Unidos.

O estudo, publicado na revista Pediatrics, revela que crianças com problemas como ronco e apnéia têm entre 40 e 100% mais chance de problemas neurocomportamentais por volta dos 7 anos de idade, em comparação com crianças sem problemas de respiração.

"Esta é a evidência mais forte até agora de que o ronco, a respiração oral e a apnéia podem ter sérias consequências comportamentais e sócio-emocionais nas crianças. Pais e pediatras devem prestar mais atenção aos distúrbios respiratórios do sono em crianças pequenas, talvez tão cedo quanto no primeiro ano de vida", afirma a líder do estudo, Karen Bonuck.

Distúrbios respiratórios do sono (DRS) consistem em dificuldades respiratórias que ocorrem durante o sono. Suas principais características são o ronco e a apnéia. Os picos das condições ocorrem entre os dois e seis anos de idade, mas também pode aparecer em crianças menores. Cerca de 1 em 10 crianças roncam regularmente e 2 a 4% têm apnéia do sono, segundo a American Academy of Otolaryngology Health and Neck Surgery.

Até agora, os pesquisadores não tinham fortes indícios de que DRS leva a comportamentos problemáticos como hiperatividade. Estudos anteriores que sugeriram uma possível ligação entre os sintomas do sono e subsequentes problemas comportamentais não foram definitivos, uma vez que incluíram apenas um pequeno número de pacientes.

Segundo os pesquisadores, o estudo atual mostra claramente que distúrbios respiratórios do sono causam problemas de comportamento nas crianças.

O trabalho analisou os efeitos combinados de ronco, apnéia e respiração oral no comportamento de crianças matriculadas em um estudo no Reino Unido.

Os resultados mostraram que crianças com distúrbios respiratórios do sono foram entre 40 e 100% mais propensas a desenvolver problemas neurocomportamentais aos 7 anos de idade, em comparação com crianças sem problemas de respiração.

Crianças cujos picos dos sintomas ocorreram cedo, aos 6 ou 18 meses de idade, foram 40 e 50% mais prováveis, respectivamente, a ter problemas comportamentais aos 7 anos. As crianças com os problemas mais graves de comportamento foram aquelas com sintomas de distúrbios do sono que persistiram durante todo o período de avaliação e se tornaram mais grave aos 30 meses.

Os pesquisadores acreditam que esses distúrbios podem causar problemas comportamentais, afetando o cérebro de várias maneiras: por meio da diminuição dos níveis de oxigênio e aumento dos níveis de dióxido de carbono no córtex pré-frontal; interrompendo os processos restaurativos de sono e perturbando o equilíbrio celular e de vários produtos químicos.

"Embora o ronco e a apnéia sejam relativamente comuns em crianças, os pediatras e médicos de família não verificam a presença de distúrbio respiratório do sono em exames de rotina. Este estudo mostra que é importante que eles perguntem especificamente aos pais se seus filhos estão apresentando um ou mais dos sintomas que indicam problemas no sono", conclui Bonuck.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Distúrbios do sono    ronco    apnéia    problemas comportamentais    Albert Einstein College of Medicine    Karen Bonuck   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.