Saúde Pública
publicado em 01/03/2012 às 17h53:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Uma série de doenças como o herpes e certas formas de câncer podem ser usadas por médicos como indicadores da presença de HIV, de acordo com cientistas da Universidade de Copenhagen, na Dinamarca.

Os resultados sugerem que pessoas diagnosticadas com oito tipos de doenças devem passar por testes para detectar precocemente a presença do vírus da Aids.

Metade das pessoas que vivem com HIV é diagnosticada muito tarde. As pessoas infectadas por transmissão heterossexual representam atualmente 42% desses diagnósticos tardios.

Segundo a UNAIDS, 2,5 milhões de europeus carregam uma infecção por HIV, e quase 900 mil destes ainda não estão cientes da doença.

O co-presidente da iniciativa HIV in Europe, Ton Coenen, sugere que isso ocorre porque a questão da AIDS não é mais prioridade na agenda de muitos países europeus e porque as pessoas têm a opção de escolher passar por testes para o HIV.

No entanto, quanto mais cedo os indivíduos são detectados com a doença, mais cedo eles iniciam terapia e maiores são suas chances de sobrevivência e sua qualidade de vida.

Além disso, pesquisas têm mostrado que a terapia também reduz o risco de transmitir a infecção para outra pessoa.

Oito novos indicadores

Especialistas já têm conhecimento de uma lista de doenças que servem como indicadoras da presença da Aids no organismo, a grande maioria indica um sistema imunológico fraco.

Segundo o pesquisador Jens Lundgren, este é um sintoma de HIV que deve levar um médico a recomendar um teste de HIV imediato.

"Precisamos encontrar pessoas que vivem com HIV mais cedo do que atualmente acontece, mas para isso é preciso que os médicos e outros profissionais de saúde ofereçam testes para pessoas que apresentam doenças indicativas", observa.

A iniciativa HIV in Europe assumiu este desafio em 2009 e iniciou um estudo que investigou se oito novas doenças e provaram ser sinais de uma infecção pelo HIV não diagnosticado entre 3588 pessoas avaliadas.

Os resultados revelam que se um adulto tinha infecção sexualmente transmissível, linfoma, câncer cervical ou anal, displasia, herpes zoster, hepatite B ou C, doença semelhante à mononucleose em curso, declínio inexplicável e persistente no número de glóbulos brancos circulantes, o risco de infecção pelo HIV foi significativamente elevado.

Os especialistas afirmam que essas doenças devem levar a testes para avaliar a presença do HIV. Apesar das novas condições poderem ser indicadoras da Aids, elas não significam necessariamente que o paciente tem o HIV.

De acordo com eles, a incidência do HIV é apenas globalmente maior para pessoas com essas oito doenças indicadoras.

As novas evidências e orientações vão ser debatidas na Conferência HIV in Europe, a ser realizada no mês de março em Copenhagen.

"Na conferência HIV in Europe estaremos discutindo como disseminar o conhecimento das novas doenças indicadoras de HIV para que médicos e profissionais de saúde em toda a Europa recomendem testes para detectar a doença imunodeficiente", ressalta Lundgren.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Aids    HIV    Herpes    Câncer    Doenças indicadoras    Universidade de Copenhagen    Jens Lundgren    HIV in Europe   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Aids    HIV    herpes    câncer    doenças indicadoras    Universidade de Copenhagen    Jens Lundgren    HIV in Europe   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.