Profissão Saúde
publicado em 10/02/2012 às 15h52:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP constatou que a atorvastatina, classe das estatinas, que tem maior custo, leva a menos ocorrências de problemas cardiovasculares, além de reduzir os custos com exames laboratoriais nos pacientes.

Segundo a autora do estudo, a farmacêutica Ana Paula Cardoso, a pesquisa teve como objetivo analisar economicamente e a influência desses medicamentos sobre a mortalidade por causas ligadas a doenças cardiovasculares em portadores de altos níveis de gordura, os chamados dislipidêmicos. " Os resultados podem contribuir para a decisão do médico na hora de prescrever o medicamento, uma vez que várias pesquisas no mundo já demonstraram que a prescrição regular de hipolipemiantes pode reduzir a ocorrência de eventos cardiovasculares e diminuir a mortalidade."

Ela diz que a atorvastatina tem o custo três vezes maior, chega R$ 994,69 paciente/ano, enquanto a sinvastatina custa R$ 337,61. Apesar disto, esse medicamento teve o menor gasto com exames laboratoriais e complementares e também apresentou menores taxas de problemas cardiovasculares e realização de exames, como aterosclerose e dor no peito.

A pesquisa foi realizada com 332 pessoas que utilizaram medicamentos fornecidos pelo Programa de Medicamentos Excepcionais do Ministério da Saúde. " O estudo foi observacional, descritivo e transversal. As pessoas foram sorteadas aleatoriamente dentre 1.067 pacientes de ambos os sexos" , revela a pesquisadora.

Ela diz que 51% eram do sexo masculino, com faixa etária entre 15 e 63 anos. Mais de 73% dos pesquisados faziam uso de estatinas e mais de 17% usavam fibratos e 10% eram do grupo controle" . O perfil lipídico, diz, foi mais elevado no grupo atorvastina e bezafibrato e no período de um ano, durante o estudo, ocorreram 253 eventos e/ou procedimentos, com maiores incidências de aterosclerose, dor no peito e insuficiência cardíaca. Outro dado encontrado é que no grupo estudado houve predomínio da população idosa que faz uso desses medicamentos e maior número de óbitos de homens.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Atorvastatina    Prescrição    Cardiologia    Farmácia    USP    Universidade de São Paulo   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Atorvastatina    prescrição    cardiologia    farmácia    USP    Universidade de São Paulo   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.