Ciência e Tecnologia
publicado em 01/02/2012 às 15h47:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores dos Estados Unidos desenvolveram um método para reconstruir palavras com base nas ondas cerebrais de pacientes que estavam pensando nestas palavras.

De acordo com informações publicadas pela BBC, a técnica relatada na revista PLoS Biology se baseia na coleta de sinais elétricos diretamente do cérebro dos pacientes.

Com base nos sinais de audição dos pacientes, um modelo de computador foi usado para reconstruir os sons das palavras nas quais os pacientes estavam pensando.

O método tem potencial para, no futuro, ajudar pacientes em coma e com síndrome do encarceramento a se comunicarem.

Várias abordagens nos últimos anos sugeriram que os cientistas estão se aproximando dos métodos para explorar nossos pensamentos, o estudo atual atingiu o seu resultado por meio da implantação de eletrodos diretamente em uma parte do cérebro dos participantes.

Em um estudo de 2011, os participantes com eletrodos em contato direto com o cérebro foram capazes de mover um cursor em uma tela, apenas ao pensar em sons vocálicos.

Uma técnica chamada de imagiologia por ressonância magnética funcional para monitorar o fluxo sanguíneo no cérebro tem se mostrado promissora para a identificação de palavras ou de ideias nas alguém possa estar pensando.

Ao estudar os padrões de fluxo sanguíneo relacionados às imagens particulares, o grupo de Jack Gallant na University of California, em Berkeley, mostrou que os padrões podem ser usados para adivinhar imagens que estão sendo pensadas - recriando "filmes na mente".

Presente estudo

Para o presente estudo,a equipe monitorou as ondas cerebrais STG de 15 pacientes que estavam sendo submetidos à cirurgia para epilepsia ou tumores, enquanto reproduziam um áudio de vários falantes diferentes recitando palavras e frases.

O truque é desembaraçar o caos dos sinais elétricos que o áudio levou para as regiões STG dos pacientes.

Para isso, a equipe empregou um modelo de computador que ajudou a mapear quais partes do cérebro estavam disparando e a qual taxa, quando as frequências diferentes de som eram reproduzidas.

Com a ajuda deste modelo, quando os pacientes receberam palavras para pensar sobre elas, a equipe conseguiu adivinhar a palavra que os participantes tinham escolhido.

Eles foram capazes de reconstruir algumas das palavras, transformando as ondas cerebrais que eles viram de volta em som com base no que o modelo de computador sugeriu que aquelas ondas significavam.

"Há uma natureza dupla deste trabalho - uma é a ciência básica de como o cérebro faz as coisas. Do ponto de vista protético, pessoas que têm distúrbios da fala (...) poderiam ter um dispositivo protético, quando elas não conseguem falar, mas podem imaginar o que querem dizer. Os pacientes estão nos dando estes dados, por isso seria bom se déssemos algo de volta para eles no final", disse Robert Knight, da UC Berkeley, autor sênior do estudo.

Os autores alertam que a ideia de tradução do pensamento ainda deve ser muito melhorada antes que tais próteses tornem-se uma realidade.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
comunicação com o paciente    eletrodos    ressonância magnética    fluxo sanguíneo    reconstrução de estímulo   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.