Saúde Pública
publicado em 30/01/2012 às 16h45:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A maioria dos casos de doença de chagas atinge pessoas entre 41 e 60 anos. Uma pesquisa realizada pela Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT) verificou a dinâmica de transmissão da infecção por meio das relações entre os vetores e reservatórios silvestres, índices de infecção e riscos de transmissão aos animais domésticos e ao homem. O levantamento foi feito na área rural e periurbana da capital Manaus (AM).

Os trabalhos iniciaram-se em 2010 e a previsão é de que sejam concluídos em 2012, quando serão realizadas as análises sobre as possíveis alterações cardíacas e gástricas causadas pela doença nos pacientes contaminados.

Coordenado pela doutora em Entomologia, Maria das Graças Vale Barbosa (FMT), o levantamento ouviu 1638 pessoas. Desse total, 1607 eram da área rural e 31 da periurbana. Ela explicou que a pesquisa possibilitou o conhecimento da circulação da doença na região tornando assim possível traçar planos de políticas públicas para evitar endemias.

" O Amazonas tem riscos potenciais de endemicididade da doença de Chagas, principalmente, considerando-se três fatores: o primeiro é a ação antrópica (relativo às modificações do homem no meio ambiente), como as condições geradas pelo desmatamento, por exemplo; animais que deixam seu habitat e aumentam o risco de domiciliação dos triatomíneos - insetos hematófagos, que se alimentam de sangue. O segundo é a intensa migração de pessoas de áreas endêmicas, carregando parasitas e vetores já adaptados. Terceiro, a luz das moradias próxima das florestas pode atrair os vetores, que acidentalmente tornam-se transmissores do T. cruzi, além de casos agudos por transmissão oral" , destacou.

Quanto à transmissão oral, Barbosa disse que no ciclo silvestre é usual entre os mamíferos que ingerem triatomíneos ou a carne de mamíferos infectados. Em relação ao homem, a partir da última década vários casos têm sido descritos na Amazônia brasileira. A pesquisadora lembrou que grande parte destes casos estava atribuída à ingestão de sucos contaminados com a forma infectante do T. cruzi, oriunda de triatomíneos infectados.

Conforme a pesquisadora, apesar do resultado ter demonstrado que a maioria dos entrevistados é de agricultores, o resultado era esperado quando se faz um trabalho em área rural. " A importância maior é para registro de pessoas reativas nos testes sorológicos, pois serão consideradas chagásicas. Nesse caso, muito provavelmente não tinham conhecimento dessa informação e não têm ideia de quando adquiriram a doença. Também ainda não há dados sobre a contribuição ou não das casas de madeira para a transmissão da doença" , informou.

O problema é que o risco de transmissão do T. cruzi ao homem ocorre, segundo Barbosa, porque ele entra ou mora na floresta, derruba árvores afugentando os animais, que são a fonte de alimentos dos vetores. Na ausência da fonte de alimento, o homem passa a ser a fonte de alimento dos vetores.

Dados do Ministério da Saúde de 2005 a 2009 revelam o registro de 454 casos da doença de Chagas no Brasil. A Região Norte concentrou o maior número, 389 casos (85,7%). Logo após, ficaram as regiões Nordeste, com 37 (8,1%); Sul, com 24 (5,3%); Sudeste, com três (0,7%) e Centro-Oeste com apenas um caso (0,2%).

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Doença de Chagas    Endemia    Trypanosoma cruzi    Fundação de Medicina Tropical    Amazonas    Manaus   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Doença de Chagas    endemia    Trypanosoma cruzi    Fundação de Medicina Tropical    Amazonas    Manaus   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.