Artigo
publicado em 27/01/2012 às 14h15:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Assessoria Márcia Stival
José Flávio Torezan, Cirurgião Buco-Maxilo-Facial e membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-faciais
  « Anterior
Próxima »  
José Flávio Torezan, Cirurgião Buco-Maxilo-Facial e membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-faciais

A busca pela melhora do sorriso, seja por razões estéticas ou por melhoras nas funções (mastigação, fala etc..), tem sido constante na atualidade. A reposição de dentes perdidos é bastante satisfatória com os implantes dentários, porém em muitos casos não há osso suficiente para instalação dos implantes. Nesses casos o cirurgião dentista precisa utilizar enxertos ósseos. Existe uma variedade de tipos e formas de enxertos ósseos, desde aqueles retirados do próprio paciente (autógeno), os retirados de doadores (banco de ossos) até derivados de animais, ou mesmo sintéticos. Para a escolha do enxerto a ser utilizado em cada paciente, o cirurgião tem que levar em consideração vários fatores, como o estado de saúde, o custo, o tamanho da área operada e condições especiais, como tabagismo.

O Brasil, a partir de 2007, passou a importar dos Estados Unidos, uma nova forma de reposição óssea para os maxilares. Obtida a partir da engenharia genética, a chamada proteína óssea morfogenética ou simplesmente BMP (do inglês-bone morphogenetic protein) é a mais nova forma eficaz de se produzir osso. É necessário ressaltar que todos os seres humanos possuem naturalmente essa proteína no tecido ósseo, sendo ela responsável pelo processo constante de renovação do esqueleto. A proteína BMP foi clonada do DNA humano e assim conseguiu-se produzi-la em uma escala industrial. Esse processo é muito caro, o que obviamente eleva o preço do produto para os pacientes. No Brasil e nos Estados Unidos essa proteína é comercializada em kits de diversos tamanhos, de acordo com a necessidade do cirurgião.

As principais indicações dessa " proteína formadora de osso" são nas reconstruções em pacientes idosos, que necessitam às vezes de maior área óssea a ser reposta e não podem ou não querem remover seu próprio osso para reconstrução. Além disso, pacientes fumantes e diabéticos tem menor potencial de cicatrização dos enxertos, nos quais a BMP pode ser utilizada, com expectativas de melhorar o resultado da cirurgia.

Vale ressaltar que não existe nenhum biomaterial para enxerto melhor do que o retirado do próprio paciente (autógeno), porém quando isso não é possível, a proteína óssea morfogenética clonada do DNA humano, torna-se melhor ferramenta.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Sorriso    Cirurgia    Dentistas    Reposição óssea    Maxilares    Engenharia genética    BMP    Proteína óssea morfogenética   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
sorriso    cirurgia    dentistas    reposição óssea    maxilares    engenharia genética    BMP    proteína óssea morfogenética   
Comentários:
Comentar
SERGIO
postado em:
18/06/2012 00:48:06
Esta descoberta/invenção parece ser das mais importantes, pena que os blogs que a citam são superficiais, pois não apontam locais, profissionais ous órgãos onde os interessados pudessem esclarecer quanto à custos, sucessos, etc...
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.