Ciência e Tecnologia
publicado em 25/01/2012 às 15h52:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A Universidade Federal do Rio de Janeiro, através do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (Coppe), desenvolve um projeto que coloca a tecnologia da informação a serviço do diagnóstico da tuberculose pulmonar, que, segundo o Ministério da Saúde, ainda é um desafio para a saúde publica.

O objetivo do projeto é conter a doença indo além da proposta do Ministério da Saúde de priorizar apenas a identificação de pessoas com tosse de duração superior a três semanas, que têm demonstrado baixa sensibilidade na detecção da doença. A iniciativa, contemplada pela Faperj com o edital de Apoio às Engenharias, resultou na criação do Sistema Neural TB, um software criado na Coppe/UFRJ. "É uma ferramenta de apoio aos médicos e demais profissionais da saúde para tornar o diagnóstico da tuberculose mais rápido e eficiente" , resume o engenheiro elétrico, matemático e professor José Manoel de Seixas

Primeiro, o sistema armazena dados sobre os diversos sintomas, além da tosse, idade e sexo, dos pacientes com suspeita de tuberculose. Depois, a partir da análise estatística das informações, identifica aqueles com alta probabilidade de ter tuberculose e em que nível da doença estão. " Com o sistema, é possível dar um diagnóstico mais preciso, identificar os grupos de risco e indicar o melhor tratamento ao paciente, logo depois da triagem eletrônica dos dados" , destaca.

O Sistema Neural TB reúne as informações sobre os sintomas de cada paciente, que são coletadas via formulário eletrônico durante o atendimento inicial, realizado por um profissional de enfermagem no posto de saúde. A base de dados armazena informações sintomáticas e fornece um índice (score) que aponta a probabilidade de tuberculose. " Ao ler o score, o médico pode encaminhar os pacientes para os exames necessários e dar o diagnóstico final para cada caso, podendo ser mais preciso ao se apoiar no novo olhar que a inteligência computacional oferece" , completa Seixas.

Testes em andamento

Para avaliar os impactos da aplicação do sistema como aliado no diagnóstico da tuberculose pulmonar em hospitais da rede pública, a tecnologia vem sendo testada em nove hospitais e postos de saúde, em seis estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia, e Ceará. " Em cada sítio, estamos avaliando a eficiência do sistema e o tempo estimado do início do tratamento adequado aos pacientes, em um projeto que conta com a participação de profissionais de diversas formações, entre médicos, enfermeiros, técnicos, economistas, engenheiros e analistas de sistemas" , conta Seixas.

O Sistema Neural TB foi desenvolvido com tecnologia aberta, isto é, de acesso gratuito para os hospitais e postos de saúde. Os resultados têm sido positivos em todos os locais de teste.

Ao lado do professor José Manoel de Seixas, participam do projeto o professor Basílio Bragança Pereira, da Coppe/UFRJ e do Programa Acadêmico de Tuberculose da Faculdade de Medicina-HU/UFRJ; o médico e professor Afrânio Kritski; e a estatística Alcione Miranda, que foi aluna da UFRJ e atualmente é professora da Universidade Federal do Maranhão. O projeto tem o apoio da Faperj e conta ainda com o suporte da ONG Management of Science for Health (MSH) e do Ministério da Saúde. O projeto também envolve diversos estudantes de medicina e engenharia, nos níveis de pós-graduação e graduação, bem como alunos de ensino médio do Colégio de Aplicação da universidade (Cap-UFRJ), que participam de um programa de iniciação científica júnior apoiado pelo CNPq.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
UFRJ    Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia    Coppe    tecnologia da informação    software    tuberculose pulmonar    faperj    sistema neural TB   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.