Geral
publicado em 20/01/2012 às 11h50:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Benefícios de uma educação de alta qualidade na infância persistem por 30 anos, de acordo com pesquisadores da University of North Carolina, nos Estados Unidos.

Resultados de uma experiência realizada na década de 1970 mostram que crianças que receberam maior apoio na infância tinham mais probabilidade de ser bem sucedidas, de cursar uma faculdade e até mesmo uma pós-graduação.

Para o estudo, os pesquisadores acompanharam os participantes da infância até a adolescência e idade adulta, gerando um conjunto abrangente de dados.

"Quando avaliamos os participantes aos 21 anos, descobrimos que as crianças que receberam a intervenção precoce de educação tinham maior probabilidade de ir para a faculdade, agora sabemos que eles também são mais propensos a realizar uma pós-graduação. Além do mais, essa conquista se aplica a meninos e meninas", afirma a coautora do estudo, Elizabeth Pungello.

Os resultados mostraram que participantes que receberam educação de alta qualidade na infância também tinham maior probabilidade manter um emprego e menor probabilidade de usar assistência pública. Eles também mostraram uma tendência em adiar a paternidade por quase dois anos em relação ao grupo controle, além de mostraram uma melhor condição econômica e social.

Dos 111 recém-nascidos originalmente inscritos no projeto, 98% afro-americanos, 101 participaram do acompanhamento aos 30 anos de idade.

Segundo o pesquisador Craig Ramey, as descobertas têm fortes implicações para as políticas públicas. "Eu acredito que os resultados ao longo dos primeiros 30 anos de vida proporcionam uma compreensão mais clara de como a educação infantil pode ser um importante contribuinte para o desempenho escolar e a vida social na idade adulta", afirma.

O projeto consistiu em um estudo cuidadosamente controlado dos potenciais benefícios da educação infantil para crianças de famílias de baixa renda que estavam em risco de atraso no desenvolvimento ou insucesso escolar.

Os participantes frequentaram uma creche em tempo integral, desde a infância, até entrarem no jardim de infância. Ao longo de seus primeiros anos, as crianças receberam atividades educacionais projetadas para suportar a fala, desenvolvimento cognitivo, social e emocional.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Educação de alta qualidade    apoio educacional    University of North Carolina    Elizabeth Pungello   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.