Geral
publicado em 13/01/2012 às 09h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

O nível de HIV-1 no sangue de um parceiro infectado pelo HIV é o fator mais importante que influencia o risco de transmissão sexual a um parceiro não infectado, de acordo com estudo multinacional de casais heterossexuais na África subsaariana. O estudo, publicado no Journal of Infectious Diseases, calculou o risco de transmissão de HIV-1 por ato sexual e encontrou a taxa média de infecção em cerca de 1 por 900 atos sexuais. Os resultados também confirmam que os preservativos são altamente protetores e reduzem a infectividade do HIV em 78%.

O estudo aleatório de terapia supressiva com aciclovir foi realizado com 3.297 casais HIV-discordantes - em que uma pessoa é infectada pelo HIV e a outra não - da África Oriental e Meridional. Os casais tiveram o acompanhamento frequente para medir plasma HIV-1 RNA no parceiro infectado e testes genéticos para ligar o vírus transmitido ao índice de HIV do parceiro infectado, para evitar a inclusão de infecções adquiridas de outros possíveis parceiros. A aquisição de HIV não foi afetada pela terapia com aciclovir.

O estudo confirmou que os preservativos são altamente protetores, reduzindo o risco de transmissão do HIV em 78% quando os indivíduos relataram usar preservativo. Mais importante, os autores notaram, foi o nível de HIV-1 RNA no sangue do parceiro infectado. Quanto maior a carga viral do índice do parceiro infectado, maior o risco de transmissão, enfatizando a importância da redução da carga viral para ajudar a prevenir a propagação do HIV-1 através do sexo. Idade avançada foi associada à transmissão reduzida por ato sexual e circuncisão masculina reduziu a transmissão homem-mulher em aproximadamente 47%. Infecções por herpes genital e a presença de úlceras genitais foram associadas com aumento das taxas de transmissão.

"Nossos resultados sublinham a importância da terapia anti-retroviral, e, possivelmente, o tratamento de co-infecções, ao reduzir os níveis de carga viral plasmática HIV-1 em parceiros infectados e promoção do preservativo, circuncisão masculina, e tratamento sintomático das infecções sexualmente transmitidas para HIV-1 em parceiros não infectados como potenciais intervenções para reduzir a transmissão do HIV-1", escreveram os autores.

As descobertas também mostraram que o risco de um homem infectado pelo HIV transmitir uma infecção a uma mulher não infectada com o HIV, foi cerca de duas vezes o risco de uma mulher infectada pelo HIV transmitir para um homem não infectado pelo HIV. No entanto, essa diferença pode ser atribuída à diferença na carga viral entre homens e mulheres, observaram os autores. Em média, homens infectados pelo HIV têm maior carga de HIV-1. A diferença de idade e ter herpes genital nos parceiros não infectados pelo HIV também ajuda a explicar a disparidade - os parceiros não infectados pelo HIV do sexo feminino foram, em média, mais jovens e tiveram maiores taxas de herpes genital que suas contrapartes masculinas.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Caga viral    HIV    HIV-1    Casais HIV-discordantes    Transmissão      
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
caga viral    HIV    HIV-1    casais HIV-discordantes    transmissão       
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.