Geral
publicado em 05/01/2012 às 09h54:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Saint Louis University
Robert Belshe, diretor do Saint Louis University Center for Vaccine Development e líder do estudo
  « Anterior
Próxima »  
Robert Belshe, diretor do Saint Louis University Center for Vaccine Development e líder do estudo

Uma nova vacina experimental foi capaz de proteger mulheres contra a infecção por um tipo de vírus que causa herpes genital, segundo um estudo publicado no New England Journal of Medicine.

A vacina foi parcialmente eficaz na prevenção do vírus herpes simplex tipo 1 (HSV-1), mas não protegeu as mulheres do vírus herpes simplex tipo 2 (HSV-2). Os resultados mostraram que houve menos da metade dos casos de herpes genital causado por HSV-1 em mulheres que receberam a vacina experimental em comparação com as mulheres que receberam a vacina controle.

"Este estudo representa um grande passo no caminho para a criação de uma vacina eficaz, que protege mulheres contra a doença genital causada pelo herpes. Ele nos aponta no sentido de trabalhar para criar uma vacina capaz de funcionar contra ambos os vírus herpes simplex", afirma o principal autor da pesquisa, Robert Belshe, da Saint Louis University, nos Estados Unidos.

O HSV-1 e HSV-2 são membros da família herpesvírus. Tipicamente, HSV-2 provoca lesões e bolhas na área genital. HSV-1 geralmente provoca feridas na boca e lábios, embora cada vez mais esteja causando doença genital.

Atualmente não há cura ou vacina aprovada para prevenir a infecção por herpes genital, que afeta cerca de 25% das mulheres nos Estados Unidos e é uma das doenças transmissíveis mais comuns. Uma vez dentro do corpo, HSV permanece. O vírus pode causar doença neurológica grave e até morte em crianças nascidas de mulheres que são infectadas com o HSV, além de ser um fator de risco para a transmissão sexual do HIV.

O atual estudo envolveu 8.323 mulheres entre as idades 18 e 30 anos que não tinham HSV-1 ou HSV-2 no início do estudo. Elas foram distribuídas aleatoriamente para receber três doses da vacina experimental HSV ou da vacina contra hepatite A, que serviu como controle.

As participantes foram acompanhadas por 20 meses e avaliadas cuidadosamente para a ocorrência de herpes genital. Além disso, todas passaram por testes de sangue para determinar se a infecção assintomática com HSV-1 ou HSV-2 ocorreu durante o estudo.

Oesquisadores descobriram que duas ou três doses da vacina experimental oferecem proteção significativa contra a doença herpes genital causada por HSV-1. No entanto, a vacina não protege as mulheres contra doenças genitais causadas pelo HSV-2.

"Ficamos surpresos com esses resultados. Não esperávamos que a vacina fosse proteger contra apenas um tipo de vírus herpes simplex. Descobrimos também que HSV-1 é uma causa mais comum de doença genital do que HSV-2", relata Belshe.

Pesquisadores estão realizando análises laboratoriais de soro obtido a partir de participantes do trabalho que continuam a ser estudadas para saber por que a vacina protegeu as mulheres de doenças genitais causadas pelo HSV-1 e não pelo HSV-2.

Uma hipótese da equipe é que HSV-1 é mais facilmente morto por anticorpos do que o HSV-2. Isto significa que os anticorpos da vacina podem funcionar melhor contra o HSV-1 e resultar em proteção contra HSV-1, mas não HSV-2.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Herpes    Herpes genital    Herpes simplex vírus    HSV-1    HSV-2    Robert Belshe    Saint Louis University   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Herpes    herpes genital    herpes simplex vírus    HSV-1    HSV-2    Robert Belshe    Saint Louis University   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.