Saúde Pública
publicado em 25/12/2011 às 06h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) formalizou uma parceira com o Ministério da Saúde de Moçambique para implantar um curso a distância em Vigilância Alimentar e Nutricional. Após levantamento sobre as necessidades específicas da população na área de nutrição, foi elaborado um projeto político pedagógico - que envolve a Ensp, o Ministério da Saúde de Moçambique e o Instituto Médico Politécnico de Saúde - com a perspectiva de implementar o curso para capacitar cerca de 100 profissionais de nível médio e superior, com foco no diagnóstico nutricional e coletivo, visando ao fortalecimento do Sistema de Vigilância Alimentar do país.

A coordenadora do curso de Vigilância Alimentar e Nutricional da Ensp e do Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição da Região Sudeste (Cecan/Ensp/Fiocruz), Denise Cavalcante de Barros, explicou que a escolha do curso na área de nutrição foi pensada devido à grande necessidade do país - quase 40% das crianças sofrem com a desnutrição - em capacitar profissionais que atuem nesta área. Segundo Denise, o foco maior é fortalecer a estrutura de Educação a Distância e, ao mesmo tempo, formar os profissionais na área de nutrição, uma prioridade no âmbito da situação de saúde do país. "O curso é voltado para cerca de 100 profissionais, terá duração de quatro a seis meses e será dividido em unidades temáticas que foram escolhidas com foco no diagnóstico nutricional e coletivo. Abordará as políticas públicas, o perfil epidemiológico da população e o diagnóstico individual e coletivo. O nosso objetivo maior é contribuir para o fortalecimento do Sistema de Vigilância Alimentar do país", explicou Denise.

Representantes do governo de Moçambique estiveram na Ensp em novembro para conhecer a estrutura da Educação a Distância com a qual a Escola trabalha. Foram apresentados a algumas das ofertas que a Ensp possui na área e ficaram interessados no curso de Vigilância Alimentar e Nutricional. De acordo com a coordenadora do Cecan, a chefe do Departamento de Nutrição do Ministério da Saúde de Moçambique, Edna Pessolo, que se formou em Nutrição no Brasil e conhecia um pouco da organização do Sisvan, e a técnica em nutrição Paula Vilaça se interessaram pela estratégia de formação, que foi levada para elas a partir de uma missão anterior do Ministro da Saúde de Moçambique ao Brasil. Nesta missão, os moçambicanos passaram a conhecer a área, e assim surgiu o interesse para a elaboração de um curso de EAD em nutrição focado nas necessidades específicas do país, para o qual a Ensp ficaria responsável por todo o suporte para a construção do curso.

Segundo Denise, durante a missão, quando as técnicas vieram ao Brasil para participar da construção do Projeto Político Pedagógico do Curso, foi apresentada toda a estrutura da EAD/Fiocruz, e elas apresentaram o cenário das necessidades de Moçambique para essa formação. "A partir de então, começamos a definir o objetivo do curso, quem seria a clientela dele, quantos alunos participariam e outros pontos. Praticamente, o curso foi todo redefinido para as necessidades apresentadas por eles. O quadro nutricional deles é muito diferente, o índice de desnutrição é enorme e extremamente relacionado à pobreza. Existe também a questão da falta do alimento, problemas com a água e outras variáveis. Tivemos de pensar em um curso voltado para as necessidades muito específicas. Eles têm um quadro bastante interessante, o país inteiro é formado por 11 províncias - neste momento seria dada prioridade a três delas (a capital, Maputo, e mais duas províncias no norte, nas quais a situação é bem crítica) -, e possuem cerca de 15 profissionais de nível superior e 90 profissionais de nível médio atuando na área de alimentação. Nossa ideia é capacitar esses profissionais que atuam diretamente com a alimentação", afirmou.

Ainda de acordo com Denise, em Moçambique já existe uma experiência com a Educação a Distância em um curso de violência elaborado pelo Claves/Ensp, mas, no Instituto Médico Politécnico de Saúde de Moçambique seria a primeira vez. O instituto é voltado para a formação em Saúde Pública e pretende ter autonomia para trabalhar como a Ensp, por exemplo. Segundo Denise, toda a proposta do curso já foi elaborada e terá início em breve. "Foi uma experiência muito positiva para nós trabalhar com esse país. Vemos o quanto temos de conhecimento nesta área, e poder compartilhar isso com Moçambique é muito gratificante. Ver o compromisso e a empolgação por parte do grupo das técnicas de Moçambique também foi algo fantástico", conclui Denise.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Escola Nacional de Saúde Pública    Ensp    Fiocruz    parceira    Ministério da Saúde    Moçambique    curso a distância    Vigilância Alimentar e Nutricional    nutrição    projeto político pedagógico    Instituto Médico Politécnico de Saúde    capacitação    qualificação    diagnóstico nutricional e coletivo    Sistema de Vigilância Alimentar   
  • Leia mais
  • Leia mais notícias de Saúde Pública
Comentários:
Comentar
Cristina Sadique
postado em:
14/03/2012 09:35:08
gostaria de ter mais informaçoes em relaçao este curso pois esttou interessada de o faze-lo.
olga Jose de Assa Mocambique Ubisse
postado em:
21/10/2010 13:12:22
Boa tarde, sou profissional de saude e gostaria de fazer o curso de saude publica a distancia, o que é necessario para me inscrever?
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.