Ciência e Tecnologia
publicado em 20/12/2011 às 06h00:00
   Dê o seu voto:

Software nacional analisa centenas de exames por imagem para rastrear tumores

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da empresa fluminense DRV Desenvolvimento & Tecnologia Ltda., desenvolveram um software para rastreamento de imagens médicas capaz de detectar possíveis tumores cancerígenos de mama e pulmão. O Sistema de Análise de Imagens Médicas (Saim) promete identificar possíveis tumores de pulmão e mama analisando mais de uma centena de imagens de tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas e raios X, num procedimento que dura entre dois e três minutos.

"Atualmente essa identificação é feita por profissionais de radiologia em, no mínimo, duas a três horas. Ou seja, um tempo significativamente maior", explica o engenheiro eletricista e diretor da empresa Carlos Tadeu Santos Alves. O programa, desenvolvido com tecnologia nacional em parceira com pesquisadores de vários centros de pesquisa do país, teve apoio do edital Pappe Subvenção/Rio Inovação, uma parceria da FAPERJ e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Por similaridade com imagens de tumores malignos já diagnosticados, armazenadas em um banco de dados, o Saim faz o rastreamento automático de centenas de imagens médicas de um determinado paciente, identifica e classifica os nódulos, como malignos ou benignos, de acordo com o formato, taxa de crescimento e morfologia. Tem capacidade de aprendizado, o que permite o aprimoramento e aumento da taxa de acertos à medida que vai analisando e classificando mais nódulos. Estes fatores contribuem para o diagnóstico de benignidade ou de malignidade, aumentando o desempenho do processamento de imagens para a separação do nódulo, visualização e reconstituição em três dimensões.

A tecnologia 100% brasileira utiliza modelagem computacional, algoritmos matemáticos, linguagem de programação de última geração e inteligência artificial. "O sistema disponibiliza ferramentas computacionais de segmentação e separação manual e automática para que o especialista possa obter resultados mais precisos sobre os pacientes. O sistema não pretende substituir os especialistas e sim auxiliá-los no diagnostico, dando-lhes uma segunda opinião", afirma Tadeu.

O índice de acerto do novo sistema é praticamente o mesmo do realizado por um especialista: cerca de 94%. E poderá melhorar na medida em que for sendo aprimorado. Possui a capacidade de validar um diagnóstico sugerido por análise de imagens após a biópsia do nódulo. Este último ponto é o que permite inserir resultados das biópsias dos tumores, determinando com certeza se aquela imagem indica tumor maligno ou não, servirá para que o rastreamento do Saim aponte resultados precisos automaticamente nas análises futuras. "Assim, estaremos sempre ampliando nosso banco de dados, alimentando-o com novas imagens médicas e seus diagnósticos exatos para torná-lo ainda mais eficaz", destaca.

Sistema poderá evitar deslocamentos desnecessários do interior para as capitais

Para Tadeu, a principal vantagem do novo software é reduzir a necessidade e os custos da realização de vários exames pelo SUS. O pré-processamento de imagens dispensa, já num primeiro momento, a necessidade de um especialista para identificar tumores em exames de imagens médicas. "Logo, só serão precisos exames complementares, caso seja sugerida a malignidade do nódulo pelo software" explica.

Além disso, o novo sistema é importante nas cidades do interior, onde é mais rara a presença de especialistas em radiologia oncológica na rede de saúde. "Imagine fazer esse diagnóstico em regiões remotas, onde não existem esses profissionais. E também poder dispensar a necessidade do deslocamento de pacientes do interior para fazer exames complementares nas capitais", acrescenta. Bastarão os equipamentos de geração de imagens médicas e o software de análise. Em caso de indicação de malignidade aí sim os pacientes serão encaminhados para os especialistas em centros com maiores recursos.

O protótipo do software já foi testado em escala de laboratório e o protocolo de validação do Saim foi elaborado sob a orientação e supervisão do oncologista e pesquisador da empresa mineira Biocâncer, o médico Alberto Julius Alves Wainstein. Os dois sistemas para rastreamento de imagens de tumores de pulmão e mama estão em fase final de aprimoramento e deverão estar prontos para entrar no mercado ainda no primeiro semestre de 2012. Para tanto, o diretor da DRV pretende buscar um parceiro na rede pública estadual de saúde para testar e validar o novo sistema.

"O ideal seria iniciarmos os testes no Instituto Nacional do Câncer (Inca) ou mesmo o Instituto Fernandes Figueira (IFF), centros de referência na área médica da cidade. Além de popularizarmos nosso produto, pretendemos aperfeiçoá-lo ainda mais e estender seu uso para rastrear imagens de outros tipos de câncer, como o de fígado e o de pâncreas", destaca Tadeu. Para uma doença que mata tantos pacientes em todo o mundo e em que o diagnóstico precoce aumenta bastante a possibilidade de cura, um sistema como esse pode representar a preservação de milhares de vida.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Software nacional analisa centenas de exames por imagem para rastrear tumores
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Software nacional analisa centenas de exames por imagem para rastrear tumores


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
DRV Desenvolvimento & Tecnologia Ltda.    software    programa    rastreamento    imagens médicas    tumores    mama    pulmão    Sistema de Análise de Imagens Médicas    Saim    tomografia computadorizada    ressonância magnética    raio X   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.