Ciência e Tecnologia
publicado em 16/12/2011 às 13h57:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Estudo realizado na Austrália aponta que filhos de homens que fumam correm risco pelo menos 15% maior de desenvolver leucemia linfoide aguda (ALL, sigla em inglês), a forma mais comum de câncer infantil.

A equipe de pesquisa, liderada por Elizabeth Milne no Telethon Institute for Child Health Research, na Austrália, entrevistou famílias de quase 400 crianças com leucemia linfoblástica aguda (ALL).

Embora a ALL seja o câncer infantil mais comum, ainda é raro, afetando cerca de três a cinco crianças em cada 100 mil, de acordo com o National Cancer Institute. Mais de mil crianças morrem da doença a cada ano.

A pesquisa perguntou sobre os hábitos de fumar de ambos os pais.

Milne e seus colegas compararam estas famílias às famílias de mais de 800 crianças de idades semelhantes que não tinham leucemia.

Eles descobriram que o hábito de fumar das mães de fumar não teve impacto sobre o risco de desenvolver câncer das crianças.

Mas as crianças cujos pais fumaram durante todo o tempo da sua concepção tiveram 15% mais probabilidade de desenvolver leucemia. As crianças cujos pais fumavam pelo menos 20 cigarros por dia durante esse tempo eram 44% mais propensas a serem diagnosticadas com o câncer.

Um aumento de 15% no risco de ALL aumentaria o número de casos de seis em cada 200 mil crianças para sete em cada 200 mil.

Dos nove relatórios anteriores que os pesquisadores usaram na sua comparação com o estudo atual, seis delas também encontraram um risco aumentado.

As conclusões fazem sentido, Buffler disse que a fumaça do tabaco está cheia de toxinas, inclusive cancerígenas, então não é improvável que o fumo provoque danos nas células que produzem os espermatozoides.

"Os espermatozoides contendo danos ao DNA ainda podem alcançar e fecundar um óvulo, o que pode levar a doenças nos filhos", Milne escreveu em email para a Reuters Health.

O estudo não prova que o dano ao DNA nos espermatozoides causado pelo fumo seja responsável pelo aumento do risco de câncer nas crianças.

"As causas da ALL podem ser multifatoriais, e as nossas conclusões referem-se apenas a um dos fatores que podem contribuir", disse Milne.

Ela acrescentou que seus resultados não se destinam a ser usados para culpar ou fazer os pais se sentirem culpados.

Vários outros fatores ambientais também estão ligados a uma maior chance de desenvolver leucemia infantil, incluindo as radiações ionizantes, como os raios-x e a exposição da mãe a tintas ou pesticidas durante a gravidez.

Milne disse que muitos dos estudos sobre estas possíveis causas foram pequenos e não conclusivos.

Buffler está liderando um consórcio internacional de pesquisadores para rastrear milhares de casos de leucemia infantil para determinar a influência de fatores ambientais, genéticos e de outros fatores biológicos sobre o desenvolvimento da doença.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
leucemia    fator de risco    câncer infantil    exposição ao tabaco    leucemia linfoblástica aguda   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.