Profissão Saúde
publicado em 21/11/2011 às 13h55:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Robert Carlin/AMA
Peter Shaw (a esq.) junto a Jim Chesebro, recebem uma aula de culinária da nutricionista Victoria Andersen
  « Anterior
Próxima »  
Peter Shaw (a esq.) junto a Jim Chesebro, recebem uma aula de culinária da nutricionista Victoria Andersen

Aulas de culinária estão ajudando médicos nos Estados Unidos a aconselhar melhor os pacientes sobre a alimentação saudável.

Programas voltados para profissionais da saúde têm como objetivo fornecer aos médicos habilidades práticas para preparar refeições saudáveis que podem melhorar o conhecimento sobre variadas dietas.

"Uma das maiores barreiras que temos é o paladar e os médicos não são exceção. Quando eles estão recomendando uma mudança na dieta a um paciente, muitas vezes, isso é visto como uma privação. Ao invés de encarar isso como um castigo, queremos que isso seja visto como uma oportunidade", disse a pesquisadora Barbara Olendzki, diretora de nutrição da University of Massachusetts Medical School, que oferece as aulas.

Segundo o professor de medicina David Eisenberg, médicos que aprendem a cozinhar também se tornam mais propensos a comer alimentos saudáveis e a serem mais pró-ativos no aconselhamento dos pacientes.

Eisenberg ajudou a fundar o programa Healthy Kitchens, Healthy Lives uma colaboração entre a Escola de Saúde Pública de Harvard e o Culinary Institute of America, ou CIA.

A cada temporada o programa atrai mais de 400 médicos e outros profissionais de saúde que passam quatro dias aprendendo sobre nutrição e saúde, assistindo demonstrações de cozinha por chefs profissionais e recebendo instrução práticas. "Nós mostramos a eles como segurar uma faca, como preparar um vegetal", revela Einsenberg.

Em suas aulas na UMass Medical School, a médica Lynn Li aprendeu a comprar comida, aprendeu que algo chamado "multigrãos" não é necessariamente saudável e que produtos de grãos integrais são uma escolha melhor. Ela também aprendeu as porções adequadas a cada refeição.

As aulas de culinária para médicos são adaptadas por especialidade. Por exemplo, gastroenterologistas são ensinadas a preparar alimentos que são bons para os pacientes em uma dieta antiinflamatória, enquanto que os cardiologistas são ensinados a fazer receitas saudáveis para o coração. Eles aprendem também dicas de culinária que podem transmitir aos pacientes.

Segundo os pesquisadores, aconselhar os pacientes sobre como fazer alterações de estilo de vida é assustador para muitos médicos, porque eles não são treinados e muitas vezes não são pagos para isso. "Mas os incentivos na medicina estão começando a mudar, para que os se tornem mais interessados e possam receber para dar conselhos sobre a mudança de estilo de vida e a prevenção de doenças", concluem os autores.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Aulas de culinária    dieta saudável    alimentação saudável    profissionais da saúde    University of Massachusetts Medical School    Barbara Olendzki   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.