Saúde Pública
publicado em 18/11/2011 às 11h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: St. Joseph Children Hospital
Enfermeira aplica injeção de Erwinaze em paciente; substânca foi aprovada pela FDA para tratar leucemia linfoblástica aguda
  « Anterior
Próxima »  
Enfermeira aplica injeção de Erwinaze em paciente; substânca foi aprovada pela FDA para tratar leucemia linfoblástica aguda

A Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos, aprovou uma nova droga para tratar pacientes com leucemia linfoblástica aguda.

Erwinaze (asparaginase Erwinia chrysanthemi) é indicada para pessoas com a doença que desenvolveram hipersensibilidade às drogas quimioterápicas asparaginase e pegapargase derivadas da bactéria E. coli.

Leucemia linfoblástica aguda é um tipo de câncer em que a medula óssea produz glóbulos brancos (linfócitos) que ajudam o organismo a combater infecções em excesso.

Erwinaze é injetado diretamente no músculo três vezes por semana e trabalha quebrando o aminoácido asparagina, que está presente no sangue e é necessário para o crescimento de todas as células. Células de leucemia não conseguem produzir esse bloco de proteínas. Quando um paciente é tratado com Erwinaze, as células leucêmicas morrem.

Como as células humanas normais são capazes de produzir asparagina suficiente para as próprias necessidades por meio de biossíntese elas não são afetadas pelo tratamento com Erwinaze.

A segurança e a eficácia do Erwinaze foram avaliadas em um ensaio clínico com 58 pacientes. Dados de segurança adicionais foram coletados de um programa que envolveu 843 pacientes. Pacientes em ambos os estudos eram incapazes de continuar a receber pegaspargase ou asparaginase derivadas de E. coli devido a reações alérgicas.

Todos os pacientes avaliados mantiveram o limite pré-especificado para a atividade de asparaginase 48 ou 72 horas após a administração do medicamento.

Efeitos colaterais incluíram reações alérgicas graves, inflamação do pâncreas, altos níveis sanguíneos das enzimas hepáticas, coagulação do sangue, sangramento, náuseas, vômitos e açúcar elevado no sangue.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
leucemia linfoblástica aguda    hipersensibilidade    drogas quimioterápicas    Erwinaze    Food and Drug Administration   
Comentários:
Comentar
Jose Francisco Cardozo
postado em:
21/10/2010 13:12:22
Foi criado em Rondonia o oleo natural de avestruz, o mais rico oleo em omegas 3,6,7 e 9 é um alimento, mas ao ser usado aumenta as defesas do corpo, ppor favor, pesquise sobre o assunto, nao deixa de indicar a pessoas com leucemia, desenvolvi esse oleo apos perder um sobrinho com leucemia, hoje luto a favor dos que tem essa doenca.
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.