Geral
publicado em 10/11/2011 às 14h55:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Em um estudo publicado na revista Gene Therapy, pesquisadores da University of Oxford, no Reino Unido, revelaram uma abordagem que utiliza células-tronco para instruir o sistema imune a combater o câncer.

Os resultados abrem a possibilidade de usar células-tronco derivadas da pele de um paciente como fonte de importantes células do sistema imunológico chamadas células dendríticas.

Para o estudo, os pesquisadores usaram uma técnica recém-criada para regredir células da pele de um adulto saudável a em um estado de célula-tronco. Estas células pluripotentes induzidas (iPS) são capazes de se renovar indefinidamente e podem ser persuadidas a formar qualquer tipo de célula.

Os líderes do projeto, Paul Fairchild e Kate Silk, alteraram as iPS para formar células dendríticas utilizando uma abordagem que seria adequada para uso clínico. Ou seja, nenhum material de origem animal ou suplementos para ajudar o crescimento foram utilizados.

Depois de fornecer componentes do melanoma às células dendríticas, a equipe mostrou que as células poderiam iniciar uma resposta imune aos marcadores da doença em cultura de células em laboratório.

Ensaios clínicos realizados anteriormente mostraram que apenas um subconjunto de células dendríticas, presente em pequenas quantidades no sangue, pode estimular tanto um anticorpo quanto uma resposta imune das células T.

Ao trabalhar a partir de células da pele do paciente, os pesquisadores acreditam que é possível contornar muitos dos efeitos da quimioterapia, com uma menor variação da eficácia das células dendríticas entre pacientes. As células cultivadas em laboratório forneceriam uma fonte contínua de células do sistema imunológico para várias terapias celulares.

Segundo os pesquisadores, muito trabalho ainda seria necessário para transformar o estudo em uma terapia pronta para ser usada em pacientes humanos com câncer. "É um passo significativo para produzir estas células e mostrar que elas podem gerar uma resposta imune sob condições de cultivo no laboratório. Mas é importante não subestimar a dificuldade em chegar a um ponto onde poderíamos considerar o uso dessas células como uma terapia contra o câncer em pacientes humanos", observa Fairchild.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Células-tronco    Câncer    Sistema imune    University of Oxford    Paul Fairchild    Kate Silk   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Células-tronco    câncer    sistema imune    University of Oxford    Paul Fairchild    Kate Silk   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.