Ciência e Tecnologia
publicado em 06/11/2011 às 07h55:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Reprodução: UIC
Foto: UIC
Exame de ultra-som, feito durante a pesquisa, para vereficar a quantidade de pressão sanguínea Craig Niederberger, líder da pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Exame de ultra-som, feito durante a pesquisa, para vereficar a quantidade de pressão sanguínea
Craig Niederberger, líder da pesquisa

Pesquisadores da University of Illinois, nos Estados Unidos, lançaram estudo com objetivo de descobrir se andar de bicicleta durante muito tempo aumenta risco de disfunção sexual em homens.

A equipe, liderada pelo urologista Craig Niederberger, suspeita que a pressão exercida pelo assento da bicicleta pode cortar o fluxo sanguíneo para os órgãos genitais masculinos.

De acordo com os pesquisadores, a tecnologia até então disponível não permitia medir de forma exata onde e quanta pressão o assento da bicicleta exerce durante o passeio. Além disso, os estudos se concentraram em medir a pressão sobre o assento, e não sobre a anatomia masculina.

Niederberger e colegas das áreas de engenharia, urologia e radiologia desenharam um estudo para medir com precisão a pressão colocada sobre a anatomia masculina durante um passeio de bicicleta.

Durante a pesquisa, voluntários andaram de bicicleta usando um dispositivo projetado que registra dados em tempo real enquanto eles experimentam seis designs diferentes de assento.

uicmedia

O dispositivo mede a pressão sobre a artéria que fornece sangue para o pênis. O sensor fino e flexível é confortável e envia informações para um equipamento compacto o suficiente que é colocado em uma pequena mochila.

Um radiologista usa o ultra-som para determinar o quanto de pressão bloqueia completamente o fluxo de sangue em cada voluntário. "Esse montante pode ser diferente para cada homem", explica Niederberger.

Com quatro sensores presos à pele acima dos vasos sanguíneos, os homens passearam por cinco minutos em seis assentos diferentes - alguns com design clássico, alguns com formas modificadas ou com estofamento destinado a melhorar o conforto.

Muitos assentos de bicicleta são projetados para serem mais confortáveis, mas se eles são melhores para os homens, ainda não se sabe. "Até agora, estamos vendo uma quantidade surpreendente de variação na forma como os assentos diferentes afetam homens de formas distintas, dependendo de sua anatomia, sua postura e seus hábitos", observa Niederberger.

Os pesquisadores esperam que o estudo ajude a projetar um assento universal que seja bom para todo homem, sem causar danos à anatomia.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Disfunção sexual    andar de bicicleta    University of Illinois    Craig Niederberger   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.