Geral
publicado em 28/10/2011 às 15h03:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Tomar sol pela manhã reduz o risco de desenvolver câncer de pele. É o que revela novo estudo de pesquisadores da University of North Carolina, nos Estados Unidos.

Os resultados mostram que esse é o período do dia em que o reparo de danos causados ao DNA acontece de forma mais rápida.

O estudo descobriu que, em ratos, a exposição à radiação UV na parte da manhã aumentou o risco de câncer de pele em 500% em comparação com doses idênticas à tarde. Embora os ratos e os seres humanos possuam um ciclo biológico de 24 horas, o relógio circadiano diurno e noturno de ambos são contrários. Esta diferença supõe que aconteça exatamente o inverso do observado nos ratos. Ou seja, durante a manhã o organismo humano estaria mais protegido contra lesões.

Portanto, os pesquisadores acreditam que a menor exposição ao sol no período da tarde reduz o risco de câncer de pele nos seres humanos. No entanto, eles ressaltam que mais estudos em humanos são necessários antes que possam fazer recomendações definitivas.

Um dos líderes do estudo, Aziz Sancar, já havia mostrado que os níveis de uma proteína chamada XPA, responsável por reparar os danos no DNA causados pela radiação UV, aumenta e diminui ao longo do dia. Em um estudo publicado anteriormente, ele avaliou a relação entre a molécula de reparação e o aparecimento de câncer de pele.

Para chegar ao resultado, os autores expuseram dois grupos de ratos à radiação UV, às quatro da manhã e às quatro da tarde, nos momentos de mínima e máxima atividade de regeneração do DNA celular, respectivamente.

Ratos expostos quando a atividade de regeneração estava no nível mínimo, pela manhã, tiveram um risco cinco vezes maior de desenvolver tumores de pele.

Os pesquisadores prevêem que os seres humanos terão uma maior taxa de reparo de DNA na parte da manhã e seria menos propenso ao efeito carcinogênico da radiação UV nas primeiras horas do dia.

Eles planejam agora, medir as taxas de reparo do DNA real na pele de voluntários humanos para confirmar que o sol da manhã é o mais seguro para os seres humanos.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer de pele    os raios ultravioleta    radiação UV    University of North Carolina    Aziz Sancar   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.