Foto Saúde
publicado em 28/10/2011 às 11h03:00
   Dê o seu voto:

EFE  
tamanho da letra
A-
A+
Foto: EFE
Grafites e mensagens como
  « Anterior
Próxima »  
Grafites e mensagens como "Nasceu o rei" e "Bem-vinda a criança mais bela do mundo" decoram paredes, teto e janelas das escadas que conduzem à sala de partos do Hospital San Camillo Forlanini, em Roma

Mensagens como "Nasceu o rei", "Bem-vinda a criança mais bela do mundo", "Gaia é pura poesia" decoram as paredes, o teto e até as janelas das escadas que conduzem à sala de partos do Hospital San Camillo Forlanini, em Roma.

Situado no centro da capital italiana, o hospital abriga, entre outras especialidades, o departamento materno-infantil, obstetrícia e ginecologia. Ao todo, três andares estão cobertos por frases, é tanta informação que chega a esconder as cores originais das paredes.

Relatos com todos os tipos de letras e uma imensa palheta de cores, as frases são dedicadas às crianças que nasceram e as que ainda vão nascer na instituição.

Entre as palavras de carinho algumas são emocionantes: "Nasceu uma estrela chamada Alisya"; outras revelam impaciência: "David, estamos te esperando, se apresse!". Outros deixam registrada a data, hora e até o peso do bebê: "Marco Aurélio, 3,450 kg, nasceu às 11h46". Não há espaço para mais nada.

As notas de boas-vindas ganharam não só as paredes, mas também as escadas, as portas, o chão, o teto, os vidros das janelas, os elevadores e até as placas informativas. Tudo parece formar mais um gigantesco armazém artístico do que uma área hospitalar.

O hospital ganhou as manchetes dos jornais recentemente. No San Camillo uma mãe deu à luz a filhos gêmeos e os bebês tiveram de ser transferidos para dois hospitais diferentes pela falta de incubadoras. Sem se identificar, uma enfermeira falou sobre o episódio.

Se não há incubadoras para os gêmeos, o hospital dos grafites oferece aos pacientes uma sala de espera bem diferente, um lugar onde eles podem se distrair olhando a decoração espontânea.

Apesar de ninguém ser autorizado formalmente a falar sobre o assunto, a enfermeira afirma que as primeiras manifestações artísticas começaram a ser grafadas há quatro anos e, com o passar do tempo, se transformaram em uma tradição para todos aqueles que precisam lidar com as últimas horas de espera no hospital.

Além de escrever em qualquer lugar, seja com caneta ou tinta, os acompanhantes ajudam a passar o tempo lendo declarações como esta: "Há 22 horas estamos esperando por você nas escadas e sequer sabemos que nome te dar". Mais abaixo, a mesma pessoa, a grafia denuncia, escreve: "Leonardo é lindo". Perto dessa mesma declaração, outra frase também chama atenção: "Está por nascer em Roma um novo peão: Matteo. Esperamos por você".

Algumas frases estão acompanhadas de desenhos como corações, flores e personagens de desenhos. Há outras mais originais: "Eloisa, bem-vinda, linda do papai. Você fez xixi em cima de mim, mas não importa".

"É lindo fazer uma declaração de amor", afirma à Agência Efe Marco Ottaviani, um pai que ainda não escreveu nada, porém já localizou o espaço onde deixará a data e a hora do nascimento de seu filho. "Estou esperando minha esposa ter alta, vamos escrever juntos a mensagem", adiantou.

Algumas pessoas que trabalham no hospital não concordam com a opinião de Ottaviani. Para eles, os grafites são uma forma horrível de demonstrar o amor pelos recém-nascidos.

"É proibido, mas continuam escrevendo. Isso porque na Itália o que é público não importa a ninguém", comenta um enfermeiro.

Depois, pergunta a um colega de trabalho: "Se gostam tanto, por que não escrevem nas paredes de suas casas? Ou nas clínicas privadas? Tenho certeza que não fazem isso".

Mas, de acordo com outra enfermeira, "não há nada para se fazer".

"É um problema da direção, que deveria usar os nomes escritos para rastrear as pessoas que escrevem nas paredes do hospital", fala em tom de piada a funcionária, acreditando ser uma ideia muito improvável.

Um jovem, encarregado da limpeza, afirma que não adianta limpar as paredes e apagar as mensagens das portas e janelas, já que em poucos meses tudo estará tomado por informações novamente como esta: "A cidade se prepara para receber a mais bela, seja bem-vinda Ludovica".

Fonte: EFE
   Palavras-chave:   Mensagens    Grafite    Paredes    Teto    Janelas    Sala de parto    Hospital San Camillo Forlanini    Roma    Itália   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Mensagens    grafite    paredes    teto    janelas    sala de parto    Hospital San Camillo Forlanini    Roma    Itália   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.