Profissão Saúde
publicado em 27/10/2011 às 08h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: SIMERS
Foto: SIMERS
Público em reunião na Câmara Municipal de Porto Alegre Diego Menegotto, presidente da Associação dos Médicos Residentes do Rio Grande do Sul (Amerers)
  « Anterior
Próxima »  
Público em reunião na Câmara Municipal de Porto Alegre
Diego Menegotto, presidente da Associação dos Médicos Residentes do Rio Grande do Sul (Amerers)

O Dia Nacional em Defesa da Saúde teve reforço de residentes e estudantes em Porto Alegre (RS). Nos hospitais, os médicos que fazem pós-graduação colocaram adesivos com o slogan " Luto pela Saúde" , para chamar a atenção de pacientes. No ato público, que ocorreu na Câmara Municipal, no final da tarde de terça-feira (25), o presidente da Associação dos Médicos Residentes do RS (AMERERS), Diego Menegotto, ressaltou que a mobilização busca uma assistência de maior qualidade para a população e que, para isso, é preciso valorizar os profissionais.

"A gente quer qualidade de assistência para os pacientes e mais verbas para acabar com o caos das emergências e o tempo de espera para obter consultas com especialistas. Os médicos tentam fazer a sua parte, mas esbarram na falta de investimentos e de vontade dos governantes", retratou Menegotto.

A categoria lançou alerta ainda sobre medidas recentes do governo federal que concedem bônus na prova de residência a recém-formados que atuarem por um ou dois anos em cidades do Interior ou de difícil acesso. Uma carta com a pauta, que inclui aumento da remuneração, condições de trabalho e formação e regulamentação da EC 29, será enviada à bancada federal gaúcha e aos gestores das três esferas.

Na Câmara, a presidente do Núcleo Acadêmico do SIMERS (NAS), Pauline Josende, destacou que os estudantes esperam mudanças na conduta dos governos, com a criação de carreira de estado para incentivar a interiorização da categoria. Pauline reafirmou a preocupação com a política dos Ministérios da Educação e o da Saúde, como o programa de bônus-residência, que ilude a população com medidas que não vão resolver a falta de especialistas.

"Para levar médicos a pequenas localidades basta criar condições de fixação, de diagnóstico e tratamento. Isso é colocar a saúde no topo das prioridades. Oferecer pontuação maior na prova de Residência não é um uma ação de quem é sério, mas de quem brinca com o cuidado que a população merece e tem direito".

Fonte: SIMERS
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dia Nacional em Defesa da Saúde    mobilização    SUS    residentes    pós-graduação    Porto Alegre    Rio Grande do Sul    adesivos    "Luto pela Saúde"    ato público    Câmara Municipal    Associação dos Médicos Residentes do Rio Grande do Sul    AMERERS   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.