Saúde Pública
publicado em 30/10/2011 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Lesões e verrugas nas regiões genital e anal dos homens podem causar alterações celulares e se transformar em câncer. O alerta é do dermatologista especializado em oncologia, Marco Antônio de Oliveira. " No consultório percebo que tem aumentado o número de homens infectados com o vírus HPV e somente quando o fato está consumado é que aparecem as dúvidas e a pessoa se dá conta do quanto não estava informada sobre o tema" , diz.

Segundo o especialista, muitos homens pensam, equivocadamente, que o papiloma vírus humano (HPV) é uma doença exclusivamente feminina. Embora as estatísticas mostrem dados mais significativos para as mulheres (o vírus está relacionado a mais de 95% dos casos de câncer de colo de útero), para o homem, pesquisas não menos preocupantes revelam que 75% dos casos de câncer de pênis estão associados ao HPV. Os dados são de estudos do Instituto Nacional do Câncer (Inca) realizados em parceria com o Instituto de Virologia da Fiocruz.

Uma vez contraído, o vírus pode ficar indetectável por anos, manifestando-se quando há uma baixa do sistema imunológico. " Há casos em que o próprio sistema imunológico reage contra a doença e outros em que precisamos entrar com medicação e outros procedimentos" , informa.

O diagnóstico é feito por meio de exame clínico, de biópsia da área e outros exames que identificam o tipo do vírus e se há risco de câncer. No homem as lesões costumam ser vistas a olho nu. Às vezes o indivíduo pode não apresentar sinais visíveis e, mesmo assim, estar infectado. Mas para isso já existem exames que permitem diagnosticar o vírus, antes que manifeste lesões ou verrugas.

A Anvisa aprovou em maio deste ano a utilização da vacina contra HPV em homens com idade entre 9 e 26 anos. A liberação está respaldada em um estudo clínico, que acompanhou 4.065 homens em 18 países, inclusive o Brasil, comprovando a eficácia da vacina contra lesões ligadas aos tipos 6, 11, 16 e 18 do HPV.

Para Marco Antônio, apesar de a vacina não estar disponível no sistema público de saúde, o fato é muito positivo, na medida em que o tema ganha os meios de comunicação e cria mais uma oportunidade de conscientização principalmente do público masculino, em relação à prevenção de HPV e outras DSTs.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   HPV    Saúde do homem    Câncer de pênis    Oncologia    Dermatologia   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
HPV    saúde do homem    câncer de pênis    oncologia    dermatologia   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.