Ciência e Tecnologia
publicado em 21/10/2011 às 12h13:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Os resultados de um ensaio clínico amplo e feito em múltiplas localidades demonstrou que o uso de superfícies antimicrobianas de cobre nos quartos das unidades de tratamento intensivo reduz a quantidade de bactérias nas salas em 97% e resultaram em uma redução de 41% no nível de infecção hospitalar. De acordo com os pesquisadores, este estudo é um dos primeiros a demonstrar o valor de uma intervenção passiva de controle da infecção que não dependa de que os profissionais de saúde ou os pacientes se lembrem de tomar medidas.

Os objetos nos quartos dos pacientes são um ponto potencial de proliferação para as bactérias que causam infecções. De acordo com o professor de microbiologia e de imunologia da Medical University of South Carolina, Michael Schmidt, as bactérias na superfície dos quartos das unidades de tratamento intensivo são responsáveis por até 80% das infecções dos pacientes. Os resultados deste estudo demonstram que reduzir a quantidade de bactérias no ambiente do paciente diminui significativamente o risco de infecção.

Os pacientes do hospital têm uma chance de 1:20 de desenvolver uma infecção e entre aqueles que ficam doentes, 1:20 têm chances de morrer. O Centers for Disease Control and Prevention estima que, nos Estados Unidos, as infecções hospitalares matam 100 mil pessoas e custam 45 bilhões anualmente.

Como parte do estudo, objetos comuns, como as grades das camas, as bandejas que são servidas na cama do paciente, os botões para chamar a enfermeira e os suportes foram substituídos por versões de cobre antimicrobiano.

O teste de laboratório independente demonstrou que, quando limpos regularmente, os produtos de cobre antimicrobiano matam mais de 99,9% das bactérias seguintes, dentro de duas horas de exposição: MRSA, VRE, Staphylococcus aureus, Enterobacter aerogenes, Pseudomonas aeruginosa e E. coli O157: H7. Os resultados do estudo devem ser apresentados à Agência de Proteção Ambiental dos EUA para revisão e aprovação. Como muitos fatores contribuem para o risco de infecção, os resultados individuais podem variar.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Cobre antimicrobiano    Superfícies    Unidades de terapia intensiva    Bactérias    Infecção   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
cobre antimicrobiano    superfícies    unidades de terapia intensiva    bactérias    infecção   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.