Saúde Pública
publicado em 17/10/2011 às 11h23:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) é uma das unidades que receberá parte do investimento de cerca de R$ 20 bilhões de reais a serem injetados pelo governo federal, nos próximos quatro anos, em 231 grandes unidades do país que atendem urgência e emergência pelo SUS. O anúncio dos recursos extras foi feito pelo secretário Nacional de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde (MS), Helvécio Magalhães, que esteve em Goiânia na última semana.

" Sabemos que a urgência e emergência no país é um problema complexo. Mas é uma prioridade do Governo Federal intervir neste sentido. Existe um conjunto de ações de melhoria, ampliação de leitos (UTI, inclusive pediátrica, clínica médica e cirúrgica), treinamento de médicos e enfermeiros. Tudo que pode ser melhorado no momento em que as pessoas mais precisam que é quando correm risco de morte ou complicação grave" , explica Helvécio Magalhães ao ressaltar que os valores que serão repassados a Goiás ainda não foram definidos.

De acordo com o representante do MS para que obtenham os recursos, estados e municípios devem se organizar e elaborar Planos com metas a serem apresentados na área de Financiamento e Apoio do Ministério da Saúde. " Os recursos tanto para investimentos como para custeio (com ampliação dos leitos, capacitação de profissionais) é imediato a partir do momento em que o Plano é apresentado" , pontua.

O secretário Antônio Faleiros está otimista com a sinalização de mais recursos para o Estado. " O Governo Federal tem adotado medidas que vão regulamentar assuntos do SUS, como a criação do atendimento em redes ( Rede Cegonha, Rede de Urgências e Emergências). Isso vai nos dar uma ferramenta melhor para hierarquizar e fazer com que a rede - em passo de complexidade - seja toda atendida. Para o Hugo, que é uma referência na região Centro-Oeste, será um estímulo a mais no atendimento de grande traumas" , comemorou.

Durante a visita a Goiânia, Helvécio Magalhães visitou o Hugo acompanhado do secretário municipal de Saúde de Goiânia, Elias Rassi, do superintendente Executivo da SES, Halim Girade, do coordenador do Complexo Regulador do município de Goiânia, Fernando Machado, do superintendente de Controle e Avaliação Técnica de Saúde da SES, Salustiano Gabriel Neto e do diretor técnico do Hugo, Ricardo Furtado.

O secretário Antônio Faleiros pediu empenho à equipe de técnicos da SES no desenvolvimento do plano de ação do Hugo, a ser apresentado ao Ministério da Saúde.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
recursos    verba    SUS    urgênicias    emergências    Hospital de Urgências de Goiânia    Hugo    Secretaria Nacional de Atenção à Saúde    Ministério da Saúde    Secretaria de Estado da Saúde    SES-GO   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.