Geral
publicado em 10/10/2011 às 13h01:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau) criou um Núcleo de Cuidados Paliativos para atender pacientes sem possibilidade de cura. Formado por equipes multidisciplinares, a unidade vai tratar a atenção ao paciente terminal de forma integral. Entre os principais pontos a serem trabalhados estão o acompanhamento físico, social, emocional e espiritual.

Para treinar os profissionais - médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde, psicólogos e assistentes sociais - a Sesau vai promover um programa de capacitação. O foco é a atenção básica, já que na grande maioria dos casos os pacientes são levados para casa, onde podem permanecer junto dos familiares.

" O que nós queremos, é possibilitar a diminuição do sofrimento para o paciente e a família. Mesmo diante de um diagnóstico de irreversibilidade da doença, sempre há algo a fazer com o paciente e os profissionais de saúde não podem se afastar do cuidado com o ser humano" , explicou Ronny Oliveira.

Para isso, segundo ela, a equipe multidisciplinar deve priorizar a comunicação com o paciente e os cuidadores, proceder com a medicação adequada e realizar o suporte familiar necessário, sempre com um olhar voltado para a humanização. " Como a maioria dos pacientes em situação terminal prefere permanecer em casa, os profissionais da atenção básica têm grande importância para que o Núcleo de Cuidados Paliativos obtenha êxito" , ressaltou.

Com este projeto, a Sesau pretende reduzir o número de pacientes terminais em unidades hospitalares. Isso porque os cuidadores estarão em contato direto com o paciente no ambiente domiciliar, que será mais confortável, aconchegante e menos traumático em um momento delicado para ele e a família.

" Queremos, com este projeto, diminuir o sofrimento cuidando do paciente. Para isso, iremos possibilitar qualidade de vida ao paciente, trabalhando para que a pessoa seja ela mesma até a hora de sua morte, sem que tenha dor ou não seja cuidada adequadamente" , frisou Ronny Oliveira, ao lembrar que o projeto do Núcleo de Cuidados Paliativos foi criado durante a II Guerra Mundial pela médica Cicerly Saunders.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Cuidado paliativo    Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas    Sesau    Alagoas   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Cuidado paliativo    Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas    Sesau    Alagoas   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.