Geral
publicado em 07/10/2011 às 16h42:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisa realizada na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP para avaliar o sistema de distribuição das refeições dos cortadores de cana em uma usina do município de Piracicaba (SP) constatou que os procedimentos de preparo apresentaram um nível de adequação de 70,9%, inferior ao índice de 76% recomendado pela Anvisa. A pesquisa, desenvolvida pela nutricionista Rosana Matias Almeida Bunho, avaliou também o nível de adequação na etapa de distribuição das refeições servidas, mais precisamente no recipiente térmico destinado ao armazenamento da comida.

Sob orientação da professora Gilma Lucazechi Sturion, do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição (LAN), a avaliação da qualidade higiênica e sanitária das refeições foi realizada a partir do emprego de uma lista de verificação de Boas Práticas de Fabricação (BPF) na unidade de alimentação e nutrição (UAN) instalada em um dos alojamentos rurais. Na etapa da distribuição das refeições e de aspectos a ela relacionados, a pesquisadora comparou dois sistemas, a marmita térmica tradicional (MT) e a hot box (HB). " Os parâmetros utilizados como base foram a manutenção de temperatura, contagem microbiológica, adequação à legislação e nível de satisfação do consumidor" , explica Rosana.

Na comparação dos sistemas de distribuição (HB versus MT), os números indicaram que o primeiro é o mais recomendado. " Na hot box verificamos menor perda de temperatura durante o período de armazenamento intermediário, qualidade microbiológica das refeições satisfatória devido ao melhor controle de temperatura e a menor exposição a contaminantes, maior atendimento aos atos normativos trabalhistas relacionados à qualidade e transporte do recipiente, utilização da área de vivência e às pausas/registros de descanso e maior satisfação por parte do trabalhador rural" , aponta a autora do trabalho.

Na avaliação da temperatura, por exemplo, observou-se no momento do envase 70,4ºC para o sistema MT e 68,2ºC para o sistema HB. No entanto, quando os trabalhadores foram consumir o produto, as marmitas registraram 34,6ºC enquanto que a hot Box ainda permanecia com 50,7 ºC, ou seja, a perda de calor foi bem menor.

A partir da pesquisa, a empresa na qual Rosana desenvolveu o estudo implantou o sistema de hot Box em cinco das 23 unidades produtoras e a perspectiva é que na próxima safra outras unidades já utilizem o sistema HB. " Dada a deficiência de pesquisas do segmento na área sucroalcoleira e a vulnerabilidade da clientela atendida, o estudo complementa lacunas e aponta para investimentos por parte do setor com vistas na melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho" , conclui.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
marmita    cortadores de cana    Piracicaba    São Paulo    pesquisa    Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz    Esalq    USP    preparo    distribuição    refeições    usina    Rosana Matias Almeida Bunho   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.