Geral
publicado em 05/10/2011 às 18h37:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Tratar pacientes com quadro grave de gripe H1N1 que evoluiu para insuficiência respiratória utilizando sistema que adiciona oxigênio ao sangue reduz o número de morte hospitalar. É o que revela estudo de pesquisadores do Glenfield Hospital, na Inglaterra.

A oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO) é um sistema que circula no sangue adicionando oxigênio. Ele pode ser usado para minimizar lesões pulmonares e disfunções orgânicas múltiplas associadas à ventilação mecânica, determinantes cruciais de sobrevivência para pacientes com síndrome da angústia respiratória aguda (ARDS), que leva à insuficiência respiratória, devido à rápida acumulação de líquido nos pulmões.

Estudos anteriores encontraram resultados mais favoráveis para os pacientes com ARDS grave se eles foram transferidos para um centro de ECMO. No entanto, vários fatores podem ter afetado os resultados finais. Além disso, os custos hospitalares com ECMO dobraram em comparação com o tratamento convencional. Em função desses fatores o papel da oxigenação em adultos com ARDS grave permaneceu controverso.

Para o trabalho atual, o pesquisador Moronke A. Noah e colegas conduziram um estudo para analisar a mortalidade de pacientes com influenza A (H1N1) relacionada a ARDS que foram encaminhados e transferidos para um centro adulto de ECMO no Reino Unido durante a pandemia no inverno de 2009 a 2010.

Os pacientes que iniciaram o tratamento de oxigenação foram comparados com pacientes que não receberam ECMO e com pacientes criticamente doentes com H1N1 suspeita ou confirmada. Dados demográficos, fisiológicos e comorbidades detalhados foram usados em três diferentes técnicas de comparação (individual, propensão de pontuação e GenMatch).

Oitenta pacientes foram encaminhados e transferidos para os centros de ECMO, dos quais 69 receberam a terapia (86,3%). De um grupo de 1.756 pacientes, os pesquisadores separar 59 pares de pacientes que receberam ECMO e de pacientes que não foram tratados com oxigenação identificados por meio da comparação individual; 75 pares identificados usando a propensão de pontuação; e 75 pares combinados identificados usando correspondência GenMatch.

Vinte e dois pacientes (27,5%), que haviam sido transferidos para um dos centros de ECMO morreram. Os pesquisadores descobriram que a mortalidade hospitalar para pacientes que não receberam a oxigenação foi aproximadamente o dobro dos pacientes em ECMO.

A mortalidade hospitalar foi de 23,7% para ECMO em comparação com 52,5% para pacientes não-ECMO quando a correspondência individual foi usada; 24% contra 46,7, quando a correspondência de propensão foi usada; e 24% contra 50,7, quando a combinação GenMatch foi usada. As curvas de sobrevivência indicam um número considerável de mortes precoces entre os pacientes não-ECMO. O benefício de ECMO persistiu depois da repetição da análise de sobrevivência e exclusão dos pares combinados em que tanto os pacientes em ECMO e aqueles sem o tratamento morreram durante as primeiras 48 horas.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
H1N1    insuficiência pulmonar    oxigenação    oxigenação por membrana extracorpórea    síndrome da angústia respiratória aguda    Glenfield Hospital    Moronke A. Noah   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.