Ciência e Tecnologia
publicado em 06/10/2011 às 14h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas britânicos descobriram uma forma mais eficiente de identificar quais pacientes têm o câncer de orofaringe - câncer de parte posterior da boca e da garganta - causado pelo papilomavírus humano (HPV) diferenciando-os daqueles cujos cânceres não estão ligados ao vírus.

Muitos tipos de câncer de orofaringe estão ligados ao tabagismo e ao álcool, mas um número crescente de pacientes tem cânceres relacionados ao HPV, os quais tendem a obter melhores resultados no tratamento.

Identificar esses pacientes pode evitar tratamentos desnecessários, além de permitir que essas pessoas sejam matriculadas em ensaios clínicos de novos tratamentos.

Pesquisadores com base na University of Liverpool, no Reino Unido, compararam várias combinações de testes utilizados atualmente e encontraram uma combinação específica - células de coloração com um anticorpo para uma proteína produzida pelo vírus HPV ('imuno-histoquímica p16', ou p16 IHC), e então perceberam que um teste de análise de DNA chamado DNA qPCR - era o mais preciso.

A combinação teve uma sensibilidade (uma medida da probabilidade de um teste para indicar as pessoas que têm a condição que ele está analisando) de 97%, enquanto a sua especificidade - o quanto é bom para identificar as pessoas que não têm a condição - situou-se em 94%.

O pesquisador Andrew Schache disse que o resultado pode influenciar diretamente como o câncer de orofaringe é diagnosticado.

"Isso tem aplicações clínicas imediatas à medida que consideramos o recrutamento para os ensaios clínicos destinados a diminuir a intensidade da terapia com base no status do HPV. Obter o diagnóstico correto é extremamente importante porque casos como este podem receber terapias menos agressivas com base em um teste positivo", disse Schache.

Maria Tennant, gerente de informação científica do Cancer Research UK, disse: "O HPV está relacionado com alguns, mas não com todos os cânceres de cabeça e de pescoço, então, no futuro, esta forma nova e mais precisa de testes para o vírus poderia ajudar os médicos a individualizar o tratamento para os pacientes com doenças ligadas ou não ao HPV" .

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Câncer de orofaringe    Boca    Garganta    Papilomavírus humano    Vírus    Tabagismo    álcool   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
câncer de orofaringe    boca    garganta    papilomavírus humano    vírus    tabagismo    álcool   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.