Geral
publicado em 03/10/2011 às 14h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Fabiana Costa/SES
Foto: Fabiana Costa/SES
Oficina Intrasetorial de Qualificação da Rede de Enfrentamento às Violências Evento foi organizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) de Sergipe
  « Anterior
Próxima »  
Oficina Intrasetorial de Qualificação da Rede de Enfrentamento às Violências
Evento foi organizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) de Sergipe

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Sergipe promoveu na última semana uma Oficina Intrasetorial de Qualificação da Rede de Enfrentamento às Violências para integrar as redes de atenção aos casos de agressão. Outro objetivo é formar um colegiado gestor da rede para administrar as atividades e projetos de forma mais efetiva.

" Nós estamos em um momento de fortalecimento e qualificação da rede de atendimento. Atualmente, nós temos na Secretaria de Estado da Saúde uma unidade de referência para atenção às vítimas de violência sexual, sendo elas mulheres, crianças ou adolescentes. A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes funciona desde 2004. É um serviço que tem um nível de qualificação, de acolhimento e humanização às vítimas muito bom" , destacou o técnico do Núcleo de Vigilância e Prevenção de Acidentes e Promoção da Equidade da Diretoria de Atenção à Saúde da SES, Luiz Cláudio Soares.

Segundo ele, vão ser convocados representantes de cada um dos setores da SES para fazer parte de um colegiado gestor que será responsável por coordenar as ações e estratégias da rede de atenção às vítimas de violência e também trabalhar na construção de uma linha de cuidado às vítimas em todo o estado.

Desafio

Os grupos mais vulneráveis à violência são crianças, adolescentes, mulheres e idosos. Por conta disso, todos os setores do estado que trabalham no combate ao problema têm colocado esses grupos como prioritários em função de os indicadores de Sergipe apontarem estes grupos como os mais vitimados.

" Dentro da estrutura atual da rede, o grande desafio nosso na área da saúde é incrementar um sistema de informação. A gente precisa implantar a notificação de casos e a vigilância da violência em todas as unidades do estado e dos municípios, com o objetivo de acompanhar, monitorar e definir o perfil da violência em Sergipe para que a gente possa, a partir dessas informações, fazer um planejamento mais qualificado das estratégias de enfrentamento" , ponderou Luiz Cláudio.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Secretaria Estadual de Saúde    SES    Sergipe    Oficina Intrasetorial de Qualificação da Rede de Enfrentamento às Violências    violência doméstica    violência sexual    rede de atenção    agressão    colegiado gestor   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.