Saúde Pública
publicado em 30/09/2011 às 12h22:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: ASCOM/SESAU
Gestantes relaxadas e menos ansiosas, possivelmente terão um parto humanizado sem dor
  « Anterior
Próxima »  
Gestantes relaxadas e menos ansiosas, possivelmente terão um parto humanizado sem dor

O relaxamento para dominar a ansiedade e o estresse no pré-parto e parto, são técnicas não farmacológicas adotadas por profissionais do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth (HMINSN), em Boa Vista (RR). O método ajuda as gestantes a terem um parto mais humanizado, sem dor e, sobretudo, sem o uso de nenhum tipo de medicamento, ou seja, o parto acontece de forma natural com o esforço da mãe, auxiliada pelos médicos.

As sessões são individuais e acontecem dentro da Ala das Orquídeas, onde as mulheres grávidas esperam a hora do parto normal. O trabalho visa passar para as mães tranquilidade, segurança e autocontrole para que elas possam ajudar no nascimento do filho junto aos profissionais durante o parto.

De acordo com Deise Dany, psicóloga do HMI, gestantes relaxadas, menos ansiosas, além de fazerem os exercícios de respiração orientados pelas fisioterapeutas para reduzir a carga de estresse com certeza, terão um parto sem muitas dores. A psicóloga ressaltou que o papel do profissional é fazer com que as mães diminuam a carga emocional que elas se encontram, pois o desconhecido já gera medo. Ela disse também que o principal é ajudar a tornar a hora do nascimento um momento sem traumas, mas de alegria e de amor.

Deise relatou que o princípio da técnica começa desde o momento que a mulher chega à unidade, muitas vezes em estado elevado de estresse e preocupação. " Fazemos no ato do acolhimento, sessão de massagem, no intuito de elas poderem relaxar a musculatura do corpo evitando o descontrole no momento do parto" , afirmou.

Resultados

Foi comprovado cientificamente que um parto tranquilo, ajuda ser mais rápido o aleitamento materno, contribuindo assim, o vinculo afetivo entre a mãe e o bebê mais cedo. " Isso pode influenciar no crescimento do bebê, sem problemas na mastigação ou dentição. E possivelmente vai torná-lo uma pessoa mais segura e sem dificuldades de relacionamento" , comentou Deise. Dentre os fatores que aumentam a percepção dolorosa no parto estão, o medo, estresse, tensão e fadiga, frio, fome, solidão, desamparo social e afetivo, ignorância pelo que está acontecendo e, sobretudo, o ambiente estranho.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
relaxamento    ansiedade    estresse    gestantes    pré-parto    parto humanizado    parto natural    Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth    HMINSN    Boa Vista    Roraima   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.