Geral
publicado em 29/09/2011 às 20h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, confirmaram que um nível plasmático baixo de cobre e zinco em mulheres grávidas está associado com o aborto espontâneo, hipótese que, até então, não havia sido confirmada em humanos.

O estudo realizou testes com 265 mulheres grávidas. Deste total, 132 sofreram aborto espontâneo durante aquele ano. As outras 133 restantes eram mulheres com gestação evolutiva, selecionadas entre mulheres grávidas que estavam indo a consultas de controle de natalidade. Todas elas submeteram-se a exames de ultrassom e tiveram seu sangue coletado para testes de laboratório. Além disso, elas responderam um questionário. No total, 131 variáveis foram encontradas em cada participante.

Diferenças na concentração de plasma

Os dados obtidos do grupo de mulheres que sofreram um aborto foram comparados com os obtidos do grupo de mulheres com um processo normal de gravidez. Os resultados provaram a existência de diferenças da concentração de cobre e zinco no plasma maternal. A descoberta sugere que a deficiência maternal de um ou de ambos elementos característicos pode ser associada com a ocorrência de aborto espontâneo, o que abre linhas novas e interessantes de pesquisa nesta área até agora inexplorada.

À parte da influência que o cobre e o zinco podem ter sobre a ocorrência de abortos, a pesquisa providenciou informações relevantes sobre outras variáveis previamente estudadas, mas significantemente desconhecidas como a homocisteína, suplementação pré-conceptiva ou pré-natal com iodo e folato, disfunção da tireoide e consumo de drogas durante as primeiras semanas de gravidez.

Este estudo foi feito pelo pesquisador do departamento de farmacologia da Universidade de Granada, Jesús Joaquín Hijona Elósegui e conduzido pelos professores Manuel García Morillas e Juan Antonio Maldonado Jurado.

Os pesquisadores determinaram que a maioria das gestações - 64% delas - que terminaram em aborto no estudo foram planejadas, embora apenas 12% dos pacientes tivessem usado os suplementos recomendados de iodo e de folato antes de tentar engravidar (provou-se que estas substâncias diminuem a taxa de abortos e de má-formações). Além disso, um terço das mulheres que tiveram um aborto relataram ser fumantes regulares e 16.6% consumiam café regularmente em uma dose que excedia o limite abortivo e teratogênico. O consumo de tabaco e cafeína em determinadas doses tem sido fortemente associado à ocorrência de aborto espontâneo.

Durante a gravidez, 81,07% das mulheres que sofreram um aborto haviam tomado alguma droga oficialmente contra-indicada durante a gravidez e 13.63% foram expostas a alguma droga considerada perigosa durante a gravidez.

A complicação mais frequente

Como Hijona aponta, " Apesar do progresso significante feito na medicina reprodutiva, o aborto espontâneo é ainda a complicação mais frequente durante a gravidez. Estima-se que ele afete 15% das mulheres grávidas, principalmente durante os três primeiros meses da gestação. Embora na maioria dos casos não seja recorrente, há uma recorrência de 2% a 5% entre as mulheres que já sofreram um aborto" .

Há dados disponíveis mostrando um aumento no número de abortos na população espanhola. Nos últimos anos, o número de mulheres grávidas que sofreram um aborto está subindo gradualmente. Isto não deve-se somente ao aumento no número de gestações, mas também ao aumento na porcentagem de abortos - de 10,39% em 2003 para 13.70% em 2010.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Natalidade    Nível plasmático    Cobre    Zinco    Aborto espontâneo   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
natalidade    nível plasmático    cobre    zinco    aborto espontâneo   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.