Ciência e Tecnologia
publicado em 24/09/2011 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: U.S. Navy
Estudo aponta o imã utlizado na ressonância magnética altera a circulação do líquido dentro do ouvido interno
  « Anterior
Próxima »  
Estudo aponta o imã utlizado na ressonância magnética altera a circulação do líquido dentro do ouvido interno

Equipe de pesquisadores afirma ter descoberto motivo pelo qual tantas pessoas submetidas à ressonância magnética, especialmente em máquinas de alta resistência mais novas, afirmam ter vertigens, tonturas ou ficar com sensação de queda livre enquanto estão dentro ou ao sair da máquina semelhante a um túnel.

Grupo de pesquisadores liderado pelos cientistas da Johns Hopkins University sugere que o imã forte da ressonância magnética empurra o fluido que circula no centro de equilíbrio do ouvido interno, levando a uma sensação de movimento inesperado ou instável. A descoberta também pode colocar em questão os resultados dos estudos funcionais de ressonância, projetados para detectar o que o cérebro e a mente estão fazendo sob diversas circunstâncias.

Metodologia

Para determinar o mecanismo por trás da vertigem induzida pela ressonância, os pesquisadores colocaram dez voluntários com labirintos saudáveis e 2 voluntários cujos labirintos não funcionavam em aparelhos de ressonância magnética. Eles acompanharam a vertigem não só pelos relatos dos participantes, mas também ao observar o nistagmo, um tipo de movimento involuntário dos olhos que reflete que o cérebro está detectando o movimento. Como as pistas visuais podem ajudar a suprimir o nistagmo, os pesquisadores conduziram seus experimentos no escuro.

As imagens de câmeras de visão noturna mostraram que todos os voluntários saudáveis tinham nistagmo durante a ressonância, mas aqueles cujos labirintos não funcionavam, não tinham - um sinal claro de que o labirinto desempenha um papel essencial na vertigem relacionada à ressonância magnética.

Para descobrir como o campo magnético da ressonância atua no labirinto, a equipe testou voluntários saudáveis em ressonâncias de diferentes potências, por vários períodos de tempo. Eles também acompanharam o nistagmo dos voluntários enquanto eles eram colocados e retirados das máquinas de ressonância.

Os pesquisadores descobriram que os campos magnéticos mais fortes causavam nistagmos mais rápidos. Estes movimentos dos olhos persistiram durante o tempo que os voluntários ficaram na maquina, não importando quanto durassem os experimentos. Além disso, a direção dos movimentos oculares mudava dependendo de como eles entravam nos túneis das máquinas (pela entrada comum ou por trás), sugerindo que o efeito no labirinto era direcionalmente sensível.

Resultados

Combinando os resultados da pesquisa com o que se sabe sobre o ouvido interno, os pesquisadores deduziram que a vertigem causada pela ressonância magnética se relaciona, mais provavelmente, à interação entre as correntes elétricas que fluem através do fluido salgado nos canais do labirinto e o campo magnético da ressonância.

Através de um efeito bem conhecido dos físicos chamado de força de Lorentz, o campo magnético aparentemente empurra a corrente de partículas carregadas no fluido do ouvido interno. Isso exerce uma força sobre as células que usam o fluxo do fluido como uma forma de sentir o movimento.

As novas descobertas sugerem que o aparelho de ressonância em si poderia estar causando atividade cerebral ainda não notada relacionada ao movimento e ao equilíbrio, possivelmente afetando os resultados. " Estes efeitos devem ser levados em conta quando interpretamos a imagiologia funcional" , disse o engenheiro de sistemas Dale C. Roberts.

Os pesquisadores adicionam que o campo magnético forte da ressonância magnética poderia ser utilizada como um método para estimular o labirinto para diagnosticar e tratar seus distúrbios - sendo uma forma não-invasiva e mais confortável que a convencional.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Ressonância magnética    Vertigem    Tontura    Imã    Fluido    Centro de equilíbrio    Ouvido interno    Nistagmos    Movimento dos olhos   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
ressonância magnética    vertigem    tontura    imã    fluido    centro de equilíbrio    ouvido interno    nistagmos    movimento dos olhos   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.