Ciência e Tecnologia
publicado em 24/09/2011 às 16h33:00
   Dê o seu voto:

Novos compostos trabalham de uma maneira diferente dos medicamentos existentes, inibindo o transportador de glicina 1

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Vanderbilt University, nos Estados Unidos, identificaram compostos químicos que poderiam levar a um avanço importante no tratamento de esquizofrenia.

Em uma transação anunciada essa semana, a universidade licenciou os compostos para a Karuna Pharmaceuticals, em Boston, para que sejam mais desenvolvidos e que possam ser testados em humanos.

Todas as medicações anti-psicóticas que existem atualmente atuam ligando-se aos receptores de serotonina e de dopamina no cérebro para ajudar a controlar alucinações e ilusões, mas elas fornecem pouco alívio para outros sintomas sérios, entre eles o isolamento social e a incapacidade de prestar atenção e de fazer decisões. Consequentemente, muitos pacientes têm dificuldade de manter um emprego ou de viver independentemente. Além disso, os medicamentos atuais causam efeitos colaterais graves.

Os novos compostos trabalham de uma maneira fundamentalmente diferente dos medicamentos existentes, inibindo o transportador de glicina 1 (GlyT1), uma ação que permite o funcionamento mais normal das células do cérebro envolvidas na esquizofrenia.

" O potencial destes novos compostos para melhorar os devastadores déficits social e cognitivo da esquizofrenia, que não responde aos medicamentos disponíveis atualmente, é algo muito animador" , disse o diretor do National Institute of Mental Health (NIMH), Thomas R. Insel.

Os novos compostos foram desenvolvidos por Jeffrey Conn e Craig Lindsley, co-diretores do Vanderbilt Center for Neuroscience Drug Discovery (VCNDD), e seus colegas do VCNDD.

A esquizofrenia e uma doença mental crônica e debilitante que afeta mais de 3 milhões de americanos de acordo com o NIMH e 24 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a World Health Organization. O mercado mundial de medicamentos anti-psicóticos excede 20 bilhões de dólares ao ano.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
esquizofrenia    compostos químicos    transportador de glicina 1    déficit cognitivo    anti-psicóticos    efeitos colaterais   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.