Ciência e Tecnologia
publicado em 21/09/2011 às 14h43:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Dentro do sistema imunológico existe um equilíbrio sutil entre as células que destroem os patógenos estranhos e aquelas que preservam os tecidos do próprio corpo. Quando o saldo fica desequilibrado, as células que normalmente atacam vírus ou bactérias podem se extraviar, atacando células inocentes e causando doenças auto-imunes e inflamatórias.

Agora, pesquisadores da University of North Carolina, em Chapel Hill, nos Estados Unidos, revelaram as bases genéticas das células - chamadas células T reguladoras, ou Tregs, que expressam Foxp3 - isso pode impedir a resposta imunológica de se tornar canibal. Sua descoberta traz revelações sobre essas células-chave, que atualmente estão sendo testadas como tratamentos para doenças como o diabetes tipo I, a artrite e o lupus.

"Entender como o sistema imunológico é controlado pode fornecer às pessoas uma imagem melhor e maior de como estas doenças podem surgir e poderia nos ajudar a encontrar terapias mais eficientes no futuro", disse o professor de microbiologia e imunologia Yisong Y. Wan.

O estudo é o primeiro a implicar uma alteração de regulação conhecida como GATA-3 no funcionamento da Treg e na tolerância imunológica. O fator era conhecido por regular outro tipo de célula imunológica, chamada célula T auxiliar tipo 2, mas seu papel nas Tregs era desconhecido.

Então, Wan e seus colegas observaram o que aconteceria se eles apagassem o gene GATA-3 especificamente nas Tregs de ratos. Eles descobriram que os ratos mutantes desenvolveram um trastorno inflamatório espontâneo, com as células imunológicas invadindo de forma anormal os tecidos (ver imagens). Quando se aprofundaram mais, os cientistas descobriram que as Tregs já não conseguiam suprimir o sistema imunológico como deveriam. Os pesquisadores então buscaram esse defeito através da cadeia de comando, desde a Foxp3 que regula a função da Treg (daí o nome células T reguladoras que expressam Foxp3), até o GATA-3 que regula a Foxp3.

Depois de descobrir esta função até então desconhecida do GATA-3, Wan agora gostaria de ver o que mais este regulador mestre pode estar controlando nas células do sistema imunológico. Em particular, ele está à procura de componentes do sistema imunológico que poderiam ser alvos possíveis para corrigir os defeitos subjacentes que levam às doenças inflamatórias e autoimunes.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Sistema imunológico    Regulação    Resposta imunológica    Células T reguladoras    Diabetes tipo I    Artrite    Lupus   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
sistema imunológico    regulação    resposta imunológica    células T reguladoras    diabetes tipo I    artrite    lupus   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.