Ciência e Tecnologia
publicado em 14/09/2011 às 10h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: 123RF
Paternidade reduz os níveis de testosterona de um homem para que ele possa se dedicar mais aos filhos
  « Anterior
Próxima »  
Paternidade reduz os níveis de testosterona de um homem para que ele possa se dedicar mais aos filhos

Estudo realizado na Northwestern University, nos Estados Unidos, fornece evidências convincentes de que os homens são biologicamente ligados para cuidar de sua prole, mostrando, pela primeira vez, de forma conclusiva que a paternidade reduz os níveis de testosterona de um homem.

O efeito é consistente com o que é observado em muitas outras espécies nas quais os machos ajudam a cuidar dos filhos dependentes. A testosterona aumenta os comportamentos e as outras características que ajudam um homem a competir por uma companheira. Depois que eles obtém sucesso e se tornam pais, as atividades relacionadas com o "acasalamento" podem entrar em conflito com as responsabilidades da paternidade, tornando vantajoso para o organismo reduzir a produção do hormônio.

"Nós, humanos, somos incomuns entre os mamíferos pelo fato de que os nossos filhos são dependentes de indivíduos mais velhos para a alimentação e proteção por mais de uma década. Criar os filhos é um esforço que é cooperativo por necessidade entre os humanos, e nosso estudo mostra que neste caso os pais são biologicamente ligados para ajudar com o trabalho", disse o professor de antropologia Christopher W. Kuzawa.

O estudo seguiu um grande grupo de homens que não eram pais e observou se seus hormônios mudaram depois de se tornarem pais.

Segundo Lee Gettler, ao contrário do que já se questionou um dia, não são os homens com baixa testosterona que têm mais probabilidade de se tornarem pais, mas "Pelo contrário, os homens que começaram com testosterona alta tinham maior probabilidade de se tornarem pais, mas quando se tornaram, o nível de testosterona desceu substancialmente. Nossos resultados sugerem que isso é especialmente verdadeiro para pais que se tornam mais envolvidos com o cuidado da criança".

As conclusões do novo estudo também sugerem que os pais podem sofrer um declínio especialmente grande, mas temporário, nos níveis de testosterona quando trazem para casa um bebê recém-nascido. "A paternidade e as demandas que surgem com um bebê recém-nascido requerem muitos ajustes emocionais, psicológicos e físicos. Nosso estudo indica que a biologia de um homem pode mudar substancialmente para ajudar a atender a estas demandas", disse Gettler.

Os autores também sugerem que suas descobertas podem fornecer a revelação de uma razão pela qual os homens solteiros costumam ter pior saúde do que os homens casados e os pais. "Se os pais tiverem níveis mais baixos de testosterona, isso pode protegê-los contra certas doenças crônicas quando eles envelhecem", disse Kuzawa.

O estudo acompanhou um grupo de 624 homens com idades entre 21,5 e 26 anos por 4,5 anos nas Filipinas.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Testosterona    Paternidade    Filhos    Mamíferos    Ajustes emocionais    Ajustes físicos   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
testosterona    paternidade    filhos    mamíferos    ajustes emocionais    ajustes físicos   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.