Geral
publicado em 10/09/2011 às 15h00:00
   Dê o seu voto:

Estudo internacional revela que o composto altera o metabolismo celular desativando o fornecimento de energia dos tumores

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia, descobriram uma substância encontrada no leite materno que é capaz de matar muitos tipos diferentes de células cancerígenas sem afetar as partes saudáveis adjacentes. Em colaboração com cientistas americanos, eles desvendaram agora o que a torna letal para o câncer, em particular.

Os resultados mostraram que ela altera o metabolismo da célula inativando o mecanismo de fornecimento de energia.

HAMLET fez efeito em mais de 40 tipos diferentes de tumores em experimentos realizados em laboratório. Em testes com animais, reduziu o crescimento do glioblastoma cerebral, e em estudos com seres humanos produziu bons resultados contra o papiloma e o câncer de bexiga.

Um artigo recentemente publicado pela equipe de pesquisa mostrou que a substância ataca um dos mais fundamentais oncogenes, chamado c-Myc. Ela também paralisa o processo de transformação do açúcar em energia (glicólise). "Todas as células tumorais têm o metabolismo alterado, o que as torna altamente dependentes de açúcar. HAMLET age rapidamente de forma que, em apenas uma hora, o fornecimento de energia da célula é desligado", explicou a professora e líder de pesquisa Catharina Svanborg.

Trabalhando em conjunto com pesquisadores do Cold Spring Harbor Laboratory, nos Estados Unidos, a equipe de Lund pode observar o efeito da substância em outros trabalhos sobre o câncer.

Em uma pesquisa, cientistas americanos utilizaram uma técnica capaz de destruir todos os 20 mil genes ou mais de uma célula em um único experimento. Usando esse método, em combinação com HAMLET, eles foram capazes de provar que o gene c-Myc é realmente um alvo. C-Myc, em resposta, influencia o metabolismo, o que explica efeito da substância sobre a glicólise.

De acordo com os pesquisadores, novos estudos sobre HAMLET já estão sendo realizados no Reino Unido, Rússia, Itália e EUA. Eles esperam que os resultados da pesquisa internacional possam impulsionar ainda mais esse interesse.

A substância

HAMLET foi identificada em 1994, quando Catharina Svanborg e seus colegas estavam testando os efeitos antibacterianos do leite materno. Por razões práticas, eles tinham escolhido cultivar células tumorais para realizar os testes que resultaram, surpreendentemente, na morte de muitas células.

A combinação especial de HAMLET é formada por um ácido graxo e uma proteína do leite materno em uma variante que não existe no produto recém-produzido. A equipe acredita que o complexo de proteínas não é formado até que o leite esteja no estômago do bebê. Há também muitas células recém-formadas no estômago e a tarefa das proteínas poderia ser eliminar as células imperfeitas que podem evoluir para células tumorais.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
leite materno    HAMLET    células tumorais    Universidade de Lund    Cold Spring Harbor Laboratory    Catharina Svanborg   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.