Ciência e Tecnologia
publicado em 09/09/2011 às 17h22:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Uma revisão sistemática de pesquisas publicadas no Annals of the Rheumatic Diseases indica que agentes biológicos utilizados para tratar a artrite reumatoide parecem estar associados a um risco aumentado de câncer de pele.

A artrite tem sido associada ao risco aumentado de alguns tumores, como o linfoma e câncer de pulmão, sendo reduzido para outros tipos como câncer de intestino e de mama. Para os pesquisadores está claro também que os inibidores do agente de necrose tumoral (TNF) - que incluem os anticorpos monoclonais infliximab e adalimumab, e a proteína etanercept - podem afetar os níveis de risco.

Os pesquisadores baseiam as conclusões em 21 estudos e oito resumos de congressos, que foram reunidos em rígidos critérios de inclusão de comunicação de dados sobre o câncer associado a inibidores de TNF. Ao todo, este forneceu informações sobre mais de 40 mil doentes e quase 150 mil anos cumulativos de exposição a essas drogas.

Os estudos foram elaborados a partir de uma extensa busca em bancos de dados de pesquisa clínica. Os resultados foram apresentados ao American College of Rheumatology, à Liga Europeia contra o Reumatismo e à British Society for Rheumatology entre 1998 e 2010.

De modo geral, o risco reunido dos sete estudos para o desenvolvimento de qualquer tipo de câncer mostrou-se desprezível ou não aumentado. Dois estudos indicaram não haver evidências de risco aumentado para qualquer tipo de câncer no caso de pacientes que fizeram uso prolongado de inibidores de TNF. Embora aqueles com histórico anterior de câncer tivessem maior probabilidade de serem diagnosticados com a doença novamente, isso não foi afetado pelo uso de inibidores de TNF.

Por outro lado, quatro estudos mostraram que pacientes tratados com esses medicamentos eram 45% mais propensos a desenvolver câncer de pele não melanoma, e dois estudos indicam risco 79% maior de desenvolver um melanoma no caso das pessoas que tomaram inibidores de TNF. "Esta revisão sistemática e a meta-análise assegura aos médicos e pacientes que o tratamento [de artrite reumatoide] com inibidores de TNF não aumenta o risco de malignidade, particularmente no caso do linfoma. No entanto, eles parecem aumentar o risco de câncer de pele, incluindo melanoma", escreveram os autores.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Malignidades    Cancer    Anticorpos    Proteina    Artrite inflamatoria    Inibidores    Agentes    Necrose tumoral    Drogas    Sistema imunologico    Londres    Inglaterra   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
malignidades    cancer    anticorpos    proteina    artrite inflamatoria    inibidores    agentes    necrose tumoral    drogas    sistema imunologico    Londres    Inglaterra   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.