Ciência e Tecnologia
publicado em 07/09/2011 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: University of Bergens
Bettina Husebø e Stein Husebø, durante atendimento a idoso
  « Anterior
Próxima »  
Bettina Husebø e Stein Husebø, durante atendimento a idoso

Muitos pacientes com demência estão sendo tratados com medicamentos antipsicóticos, mas um novo estudo mostra que analgésicos simples pode ser uma alternativa melhor. Um em cinco pacientes no estudo ficou significativamente menos agitado e agressivo após o tratamento com analgésicos. O projeto é um esforço colaborativo entre pesquisadores da Noruega e da Inglaterra.

O estudo incluiu 352 pacientes com demência moderada a grave que exibiam sérios problemas comportamentais como agressividade e agitação. Durante o estudo de oito semanas, todos os pacientes receberam o tratamento usual, mas metade deles recebeu, além disso, tratamento para dor. Agitação é um sintoma comum de demência, os pacientes podem se tornar ansiosos, chateados e mal-humorados. Muitos recebem medicações antipsicóticas destinadas a reduzir os distúrbios comportamentais, mas os antipsicóticos têm um poderoso efeito sedativo e pode até mascarar sintomas da demência e outras aumentam o risco de acidente vascular cerebral.

A melhora dos pacientes foi maior do que seria esperado do tratamento com antipsicóticos, segundo a pesquisadora Bettina Husebo, que realiza o pós-doutorado na no Departamento de Saúde Pública e Cuidados de Saúde Primários da Universidade de Bergens.

" Nós partimos da hipótese de que distúrbios comportamentais em pacientes com demência são, muitas vezes, devido à dor. Estes pacientes não podem sempre comunicar aos seus cuidadores que estão com dor. A agressão e a agitação se tornam a maneira de expressá-la" , explica a pesquisadora.

No grupo de intervenção, os pacientes que não estavam sendo medicados contra dor receberam paracetamol (acetaminofeno). Quem já estava tomando algum tipo de analgésico recebeu baixas doses de morfina ou buprenorfina, enquanto aqueles que apresentavam dor neuropática receberam uma droga antiepiléptica.

Após as oito semanas, o tratamento da dor foi reduzido gradualmente e os pacientes do grupo de intervenção mostraram melhora acentuada. Mas quatro semanas depois os distúrbios de comportamento começaram a ser recorrentes.

Husebo acredita que os resultados indicam que o manejo da dor deve ser integrado no tratamento clínico de pessoas com demência em casas de repouso. No futuro, devemos assegurar que todos os bancos do lar de idosos tenham instrumentos padronizados para avaliação da dor com base na observação dos pacientes. O pessoal vai precisar de treinamento para usar essas ferramentas e rotinas devem ser desenvolvidas para se certificar de que as ferramentas serão realmente empregados.

A pesquisadora salienta, no entanto, que o manejo da dor não é uma solução completa, mas sim parte de um plano abrangente no qual a atividade e a comunicação são elementos essenciais.

Os pesquisadores no estudo gravaram algumas melhorias comportamentais em pacientes do grupo controle, ou seja, aqueles que não receberam medicação para dor. Isso pode ser explicado pelo efeito Hawthorne, em que fazer parte em um estudo pode produzir mudanças positivas mesmo que temporariamente.

Segundo Husebo, o pessoal de enfermagem envolvido no estudo recebeu boa formação e acompanhamento. Este maior conhecimento e consciência do problema teve um impacto sobre todos os pacientes, não apenas aqueles cujo tratamento foi alterado.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Demência    Comportamento    Medicação para a dor    Agressividade    Agitação    Antipsicóticos   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
demência    comportamento    medicação para a dor    agressividade    agitação    antipsicóticos   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.