Saúde Pública
publicado em 08/09/2011 às 19h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Governos do Reino Unido, dos Estados Unidos e do Canadá estão minando as campanhas de prevenção do tabaco subsidiando filmes de maior bilheteria dos EUA que contêm cenas de fumo. É o que revela novo relatório de investigadores da saúde pública. O documento, publicado na revista PLoS Medicine, afirma que aqueles com imagens de cigarro devem ser inelegíveis para o financiamento público para garantir que os programas de subsídio da indústria cinematográfica não entrem em conflito com metas de saúde pública.

Pesquisas anteriores mostraram que jovens muito expostos a imagens de tabaco em filmes têm cerca de três vezes mais probabilidade de começar a fumar durante a adolescência. Esta evidência levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a recomendar, em 2009, que os longas-metragens com cenas de fumo tivessem classificação estaria adulta a fim de criar um incentivo para que os produtores retirassem as cenas de tabagismo.

O relatório revela que essa recomendação tem sido ignorada no Reino Unido, nos EUA e no Canadá. Além disso, sugere que os governos destes países ajudam a garantir muitos filmes que promovem o tabagismo entre os jovens por meio de generosos subsídios públicos. Os pesquisadores analisaram incentivos dados à indústria cinematográfica norte-americana nesses três países. Eles estimam que entre 2003 e 2009, £ 338 milhões de créditos tributários na Grã-Bretanha produziram películas com imagens de tabaco.

Entre as produções de "alta-bilheteria" que tiveram o conteúdo de tabaco monitorado, 66 % apresentaram imagens de cigarro. Mais da metade (57%) daqueles que continham estas imagens foram classificados como livres e censura 12 anos e apenas 8% receberam uma classificação acima de 18 anos.

No Reino Unido, filmes que satisfazem os critérios para serem "britânicos" recebem uma isenção de imposto de 16%. De acordo com dados da UK Film Council, 144 produzidos por empresas norte-americanas foram certificados como britânicos entre 2003 e 2009. Nesse período o governo forneceu £ 48 milhões por ano em créditos fiscais para as produções americanas que apresentam cenas de fumo, quase todos avaliados como adequados para crianças e adolescentes; em comparação, o governo gastou £ 23 milhões por ano em campanhas anti-tabaco na mídia. " Ao promover esses filmes, o governo está prejudicando seriamente os esforços de controle do tabagismo. Acreditamos que programas de subsídios dados à indústria cinematográfica devem ser harmonizados com as metas de saúde pública, tornando filmes com imagens de cigarro inelegíveis para benefícios públicos" , disse o autor principal da pesquisa, Christopher Millett, do Imperial College London.

Segundo os pesquisadores, os resultados são claros, quanto mais uma pessoa jovem vê o fumo em filmes é mais provável que ela esteja tentada a experimentar.

Uma consulta pública sobre as regras que regem a ajuda financeira fornecida pelos estados membros da União Europeia ao cinema está sendo realizada pela Comissão Europeia a fim de avaliar as denúncias presentes no relatório e promover mudanças.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Tabaco    Fumo    Cigarro    Filmes    Subsídios    Organização Mundial da Saúde    Imperial College London    Christopher Millett   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
tabaco    fumo    cigarro    filmes    subsídios    Organização Mundial da Saúde    Imperial College London    Christopher Millett   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.