Ciência e Tecnologia
publicado em 26/08/2011 às 14h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Jim Graham
Matthias Schnell, diretor do Jefferson Vaccine Center, junto a colegas na Thomas Jefferson University
  « Anterior
Próxima »  
Matthias Schnell, diretor do Jefferson Vaccine Center, junto a colegas na Thomas Jefferson University

Pesquisadores da Thomas Jefferson University e de outras instituições, entre elas o Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, desenvolveram vacinas que combatem a raiva e o vírus Ebola ao mesmo tempo. Testada com sucesso em ratos, essas vacinas bivalentes foram elaboradas sobre a mesma plataforma que a vacina anti-rábica já aprovada e financeiramente viável.

O fato de a vacina proteger as populações em risco contra os dois vírus, e não apenas um, faz dela uma ferramenta de saúde pública eficaz e ideal. "Há muitas vacinas candidatas para o Ebola que têm se mostrado eficazes, mas nenhuma delas está perto do licenciamento. Um dos desafios é o mercado. O incentivo para a criação de uma vacina para o Ebola é limitado. Mas estas novas vacinas poderiam mudar isso", diz o diretor do Centro de Vacinas Jefferson, Matthias Schnell.

O vírus Ebola pertence à família Filoviridae e é composto por cinco espécies distintas. As espécies Zaire, Sudão e Bundibugyo foram associadas aos grandes surtos de febre hemorrágica na África. Segundo a Organização Mundial de Saúde, mais de mil pessoas morreram em decorrência do vírus desde que ele foi descoberto, em 1976.

"A raiva ainda representa uma ameaça de saúde para as pessoas no mundo todo, e é especialmente devastadora nas nações em desenvolvimento onde um tratamento pós-exposição muitas vezes não está disponível. O Ebola ainda existe em partes da África Central e também é uma preocupação quanto ao bioterrorismo em todo o mundo. Esta vacina poderá proteger as pessoas de duas doenças muito letais em uma área onde elas não têm o melhor acesso a cuidados médicos", prevê Schnell.

O objetivo deste estudo foi identificar candidatas para a nova vacina Ebola com um potencial máximo de licenciamento e utilização. Os pesquisadores geraram vírus da raiva quimicamente inativos e vivos que expressam a glicoproteína do Ebola da espécie Zaire, empregando um sistema genético reverso com base na vacina antirrábica de uso comum. Os pesquisadores descobriram que esta vacina conferia proteção contra ambos os vírus nos ratos.

O Ebola tem provocado a morte de milhares de gorilas, o que levou a World Conservation Union a elevar o status destes animais em 2007 para "criticamente ameaçado", sendo esta a primeira vez em que um mamífero enfrentou um risco tão elevado de extinção como resultado direto de doença. Além disso, diversos surtos humanos têm sido atribuídos à interação com os primatas. Assim os pesquisadores defendem que proporcionar uma vacina para o nosso parente mais próximo ajudará a conter a propagação da doença.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Vacina    Ebola    Raiva    Anti-rábica    Filoviridae    Zaire    Sudão    Bundibugyo    Thomas Jefferson University   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
vacina    ebola    raiva    anti-rábica    Filoviridae    Zaire    Sudão    Bundibugyo    Thomas Jefferson University   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.