Ciência e Tecnologia
publicado em 23/08/2011 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

Testes ajudam a garantir confiabilidade de sinalizadores sem fio para socorrista

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: National Institute of Standards and Technology
Foto: National Institute of Standards and Technology
Kate Remley segura dois Sistemas de Alerta de Segurança Pessoal (PASS) com dispositivos de alarme sem fio Kate Remley (ao centro) durante testes no processo de pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Kate Remley segura dois Sistemas de Alerta de Segurança Pessoal (PASS) com dispositivos de alarme sem fio
Kate Remley (ao centro) durante testes no processo de pesquisa

Testes do National Institute of Standards and Technology (NIST), nos Estados Unidos, estão ajudando a garantir que os sinalizadores sem fios utilizados por socorristas sejam transmitidos de forma confiável. Como existem poucos padrões de desempenho, o trabalho do NIST está ajudando a garantir que os alarmes de sinalizadores vão operar de forma confiável na presença de outros dispositivos sem fio.

O instituto está fornecendo apoio técnico para um consenso sobre os padrões para a indústria desenvolvendo teste para avaliar como esses dispositivos funcionam em condições realistas. O mais recente estudo do NIST está focado na interferência entre Personal Systems Safety Alert (PASS) - sistema de alerta de segurança pessoal - com capacidade de alarme sem fio e sistema de identificação de radiofrequência (RFID). Os métodos elaborados no estudo podem testar a interferência em outros dispositivos sem fio, como rádios, fones de ouvido de telefone celular, redes locais, buscas urbanas e robôs de salvamento.

Os dispositivos PASS são sensíveis ao movimento e ativam um alarme se o bombeiro permanecer imóvel por muito tempo. Sistemas PASS mais novos também têm uma ligação sem fio que interliga as estações de base e de comando às unidades portáteis, permitindo que os sinais de emergência sejam reenviados aos bombeiros ou dos bombeiros para a base. Como os bombeiros também podem carregar etiquetas RFID para rastreamento, ou podem estar em armazéns ou outras edificações com sistemas de inventário de RFID, há potencial para interferência.

"Todo dispositivo sem fio vai falhar se houver uma interferência forte o suficiente. A questão é o nível em que o dispositivo falha. Nosso objetivo é desenvolver métodos de teste baseados em laboratório para quantificar o nível de interferência com o qual as unidades PASS falham para que possamos ajudar a garantir que elas operem de forma confiável", disse a líder do projeto, Kate Remley.

Os resultados mostram que, quando os sinais são fracos devido às condições ambientais ou outras, o recebimento de uma unidade PASS portátil de um alarme da estação de base pode ser atrasado ou falhar, mesmo sem interferência, e se torna mais propenso a falhar na presença de interferência RFID moderada. A interferência forte causou atrasos mais longos e variáveis que, por vezes, excederam um minuto, definidos pelos pesquisadores como falha de sinal. Os técnicos do NIST também descobriram que um sistema RFID pode ser menos confiável quando a unidade PASS está por perto.

As avaliações envolveram a medição da potência de saída total de cada sistema em uma câmara de teste e depois o isolamento dos sistemas em laboratórios diferentes para os testes de interferência. O dispositivo portátil PASS, a etiqueta e o leitor RFID foram colocados em uma câmara de teste, enquanto a estação base PASS estava em uma sala separada. Os pesquisadores avaliaram o desempenho em vários níveis de intensidade do sinal e de interferência.

O NIST está trabalhando com a National Fire Protection Association, que irá considerar a adoção dos testes NIST como parte dos padrões de desempenho PASS. O comitê técnico de equipamentos de segurança eletrônica NFPA em breve vai considerar a formulação de um projeto de norma e, depois de um período de comentários públicos, as normas poderão ser aprovadas até 2013. Até lá, os fabricantes teriam de mostrar que os dispositivos PASS que produzem passariam nestes testes.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Radiofarol    Socorristas    Interferência    Alarme    Bombeiros    Rádio-frequência   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Testes ajudam a garantir confiabilidade de sinalizadores sem fio para socorrista
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Testes ajudam a garantir confiabilidade de sinalizadores sem fio para socorrista


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
radiofarol    socorristas    interferência    alarme    bombeiros    rádio-frequência   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.