Ciência e Tecnologia
publicado em 15/08/2011 às 13h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Andrew Hancock/Purdue University
Foto: Andrew Hancock/Purdue University
Bradley S. Duerstock, professor de prática de engenharia biomédica e industrial, está liderando o projeto Bradley S. Duerstock
  « Anterior
Próxima »  
Bradley S. Duerstock, professor de prática de engenharia biomédica e industrial, está liderando o projeto
Bradley S. Duerstock

Um novo site desenvolvido pela Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, está disponível para que pessoas com deficiência e interessados na área compartilhem experiências e sugestões sobre como superar os obstáculos relacionados às deficiências físicas. O site do Institute for Assessible Science foi criado graças ao prêmio de 2 milhões dólares que a universidade recebeu para ajudar os alunos a superarem desafios devido a deficiências físicas.

Os usuários podem compartilhar informações sobre os obstáculos, bem como a tecnologias de apoio e recursos que eles usam ou recomendam. O professor de engenharia e investigador principal no projeto, Bradley S. Duerstock, das escolas de Engenharia Biomédica e Engenharia Industrial, disse que os visitantes também querem conhecer soluções criativas e inovadoras para contornar os desafios do dia-dia.

Duerstock, que é neurocientista e usuário de cadeira de rodas, cria alternativas para que ele possa trabalhar no laboratório. Algumas dessas tecnologias, incluindo um microscópio de luz remota controlável com reconhecimento de voz, estarão disponíveis no site futuramente.

"É uma via de duas mãos - as pessoas podem usar o site para acessar as informações ou para compartilhar o que sabem. Nosso site será a fonte de informações dos usuários para identificar e priorizar iniciativas importantes que podem ser exploradas", disse a professora de ciências médicas básicas e membro da equipe do projeto Susan M. Mendrysa, da School of Veterinary Medicine.

"Os visitantes poderão participar de grupos de discussões sobre temas relacionados à paralisia e criar novos fóruns para que haja maior interação e troca de experiências entre os usuários. Além disso, estamos desenvolvendo um aplicativo que funciona como um telefone inteligente, que estará disponível dentro de poucos meses e contará com os recursos mais populares do site. Também será possível monitorar ativamente o portal e responder a perguntas ou sugestões de recursos.", disse a gerente de projeto para os Institutes for Accessible Science, Lisa Hilliard.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Site    Deficiência    Paralisia    Web    Universidade de Purdue   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
site    deficiência    paralisia    web    Universidade de Purdue   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.