Ciência e Tecnologia
publicado em 12/07/2011 às 10h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Loyola University Medical Center
Mamdouh Bakhos, um dos pesquisadres responsáveis pelo estudo
  « Anterior
Próxima »  
Mamdouh Bakhos, um dos pesquisadres responsáveis pelo estudo

Uma intervenção para substituir a válvula aórtica de um paciente no Loyola University Hospital, nos Estados Unidos, foi realizada com o uso de um cateter, procedimento que pode se tornar uma alternativa para a cirurgia cardíaca aberta realizada atualmente.

A doença da válvula cardíaca de Toni Meyer foi tão grave que ela sofria falta de ar mesmo sentada em uma cadeira. Mas ele conta que agora está se sentindo "100% melhor" depois que os médicos substituíram a válvula aórtica doente em um procedimento com cateter como parte de um ensaio clínico.

Meyer, de 77 anos, de Shorewood, Illinois, está entre os primeiros pacientes incluídos no estudo multicêntrico que está avaliando uma alternativa à cirurgia cardíaca aberta tradicional para os pacientes que têm válvulas aórticas doentes.

A tecnologia baseada em cateter é chamada implante transcateter da válvula aórtica (TAVI). Ele está sendo testado em pacientes com estenose aórtica grave. Esta doença ocorre quando a válvula aórtica do coração é reduzida, restringindo a circulação sanguínea do coração para o corpo. A válvula não abre corretamente, forçando o coração a trabalhar mais para bombear o sangue. A estenose aórtica pode levar a insuficiência cardíaca e à morte. Cerca de 100 mil pessoas nos Estados Unidos têm esta doença.

O ensaio clínico irá avaliar um procedimento alternativo à cirurgia, no qual uma válvula artificial é levada até o coração e implantada através de um cateter (tubo fino). O cateter é inserido em uma artéria na virilha e guiado até o coração. Uma vez no local, a válvula artificial assume a função da válvula doente, garantindo que o sangue rico em oxigênio flua para a aorta, a principal artéria do corpo.

O professor de medicina Mamdouh Bakhos disse que os cirurgiões substituem a válvula aórtica doente rotineiramente com excelentes resultados. "Mas muitos pacientes são de risco demasiado alto para a cirurgia de coração aberta, que é o atual padrão. Esta nova tecnologia tem o potencial de ajudar muitos pacientes que hoje não têm alternativa".

O dispositivo foi implantado em mais de 15 mil pacientes em 40 países. Nos Estados Unidos, é considerado experimental e está disponível apenas no ensaio clínico, que deve envolver mais de 1,3 mil pacientes. Será um esforço colaborativo de cirurgiões cardíacos e de cardiologistas intervencionistas.

Leia esta matéria na (em inglês).

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
doença da válvula cardíaca    cateter    cirurgia cardíaca aberta    implante transcateter da válvula aórtica    circulação sanguínea   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.