Geral
publicado em 28/06/2011 às 13h20:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Venilton Kulcher
Foto: Venilton Kulcher
Foto: Venilton Kulcher
Michele Caputo Neto, Secretário de Saúde, relatou ter visitado diversos hospitais estratégicos do estado Márcia Huçulak, Superintendente de Gestão em Saúde Rene Santos, Diretor Geral
  « Anterior
Próxima »  
Michele Caputo Neto, Secretário de Saúde, relatou ter visitado diversos hospitais estratégicos do estado
Márcia Huçulak, Superintendente de Gestão em Saúde
Rene Santos, Diretor Geral

A secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) apresentou na última semana o Programa HOSPSUS para 41 hospitais paranaenses, entre instituições e órgãos da área da saúde. O programa será lançado no dia 13 de julho e se propõe a reestruturar o sistema hospitalar do estado de forma a ter hospitais qualificados em todo Paraná. Através do HOSPSUS a Sesa destinará recursos para hospitais públicos e filantrópicos que sejam social e sanitariamente necessários no estado.

Segundo o secretário de saúde, Michele Caputo Neto, os hospitais que aderirem ao programa receberão, num primeiro momento, recursos para custeio, mas o objetivo é que também sejam feitos investimentos em obras e equipamentos. Segundo ele, os três hospitais universitários, de Londrina, Maringá e Cascavel, estarão no programa, assim como hospitais municipais e filantrópicos que dão respostas às necessidades da população.

A secretaria estabeleceu cinco redes prioritárias materno-infantil, urgência e emergência, saúde mental, atenção à saúde do idoso e da pessoa com deficiência. Os hospitais deverão atuar de forma a atender essas redes prioritárias, por isso a importância de sua qualificação.

A superintendente de gestão em saúde, Márcia Huçulak, relatou a origem da ideia do HOSPSUS. " Conhecemos o PROHOSP do governo mineiro e tivemos apoio para aperfeiçoar aquilo que já foi testado em Minas Gerais" . Segundo ela, ainda durante a campanha eleitoral a equipe do secretário Michele pôde fazer um diagnóstico da situação da saúde do Paraná e percebeu que a assistência hospitalar é um dos gargalos a serem trabalhados. Por isso o programa já estava definido na proposta do então candidato Beto Richa e agora se confirma como um programa de governo que deverá ser trabalhado durante toda a gestão.

Nesta primeira fase, o governo do Paraná investirá mais de R$ 20 milhões em custeio, R$ 15 milhões em obras e equipamentos e R$ 1 milhão em capacitação. Os hospitais que aderirem ao HOSPSUS terão acesso a uma parceria estabelecida para capacitar gestores e profissionais de saúde em gestão hospitalar, trauma e obstetrícia.

Os hospitais convidados para conhecer as regras do novo programa terão até o dia 08 de julho para confirmar sua adesão.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Gestão hospitalar    HOSPSUS    Paraná   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Gestão hospitalar    HOSPSUS    Paraná   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.